Filme feito por IA alimenta debate no uso da tecnologia

por Lucas Rabello
677 visualizações

A Inteligência Artificial (IA) tornou-se um tema quente nos dias de hoje, despertando tanto entusiasmo quanto controvérsia. Enquanto alguns a veem como uma ferramenta revolucionária, outros se preocupam com seu impacto na criatividade e nos empregos. 

A Ascensão da IA na Criatividade

A tecnologia de IA deu passos significativos, permitindo que pessoas criem conteúdos de maneiras anteriormente inimagináveis. Desde a geração de visuais e vozes até a escrita de roteiros, a IA abriu novas avenidas para a criatividade. Um exemplo recente é um vídeo criado por Neural Viz, um criador de conteúdo que usou IA para produzir um curta-metragem chamado Unanswered Oddities. Este programa imagina um mundo onde os humanos estão extintos e se tornaram criaturas míticas, como o Pé Grande.

Toque Humano vs. Eficiência da Máquina

Em Unanswered Oddities, o roteiro foi escrito por um humano, mas os visuais e a atuação de voz foram todos gerados por IA. O resultado? Uma série de personagens excêntricos e bulbosos discutindo seus supostos encontros com humanos.

Embora alguns tenham achado esses personagens “assustadores e estranhos”, o roteiro recebeu elogios generalizados por sua criatividade e originalidade.Essa combinação de criatividade humana e eficiência da IA levanta um ponto interessante. A IA pode ajudar a dar vida às ideias de maneira rápida e acessível.

Neural Viz mencionou que levou cerca de 12 a 14 horas para produzir apenas dois minutos de filmagem usando várias ferramentas de IA. Esse tipo de eficiência é difícil de ignorar, especialmente para criadores de conteúdo com recursos limitados.

No entanto, nem todos estão entusiasmados com o papel da IA na indústria criativa. Os críticos argumentam que a IA pode tirar empregos que, de outra forma, iriam para artistas e criadores humanos. Essa preocupação não é infundada. Estúdios maiores, como a Disney, enfrentaram críticas por usar IA de maneiras que alguns consideram prejudiciais ao trabalho humano. Por exemplo, o uso de IA pela Disney nos créditos iniciais de sua série Invasão Secreta gerou indignação pública, com muitos questionando por que uma empresa multibilionária não podia contratar um humano para fazer o trabalho.

Unanswered Oddities (AI-generated TV Show)
byu/Jwallyman51 inChatGPT

Apesar das controvérsias, a IA oferece novas oportunidades para a expressão criativa. Um usuário do Reddit apontou que as ferramentas de IA poderiam democratizar a criatividade, dando a pessoas sem habilidades ou recursos específicos a chance de trazer suas ideias à vida. “Essa é a principal vantagem dessas ferramentas”, disse ele. “Elas abrem oportunidades para aqueles que não têm habilidade ou recursos em alguma área do ofício, mas ainda querem expressar sua criatividade através desse mesmo ofício.”Neural Viz também acredita que a IA pode “impulsionar o elemento humano” em projetos criativos. Ao lidar com aspectos mais tediosos da produção, a IA permite que os criadores se concentrem na narrativa e na profundidade emocional que só os humanos podem fornecer.

O debate sobre a IA na indústria criativa está longe de ser resolvido. Por um lado, a IA oferece uma eficiência incrível e abre novas possibilidades para aqueles com ideias criativas, mas meios limitados. Por outro lado, há uma preocupação válida sobre a potencial perda de empregos e a homogeneização do conteúdo.

Quem sabe o que o futuro nos reserva? Uma coisa é certa: a IA continuará sendo uma força significativa na formação do cenário da criatividade.No final, seja você a favor ou contra, a IA veio para ficar. O desafio está em usá-la sabiamente para melhorar, e não substituir, o toque humano único que torna a criatividade tão especial.

Lucas Rabello
Lucas Rabello

Fundador do portal Mistérios do Mundo (2011). Escritor de ciência, mas cobrindo uma ampla variedade de assuntos. Ganhou o prêmio influenciador digital na categoria curiosidades.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados