‘Pirâmide montanhosa’ foi descoberta na Antártida

por Lucas Rabello
0 comentário 7,5K visualizações

No vasto e gelado território da Antártida, uma descoberta tem cativado a imaginação de exploradores e cientistas. No meio da beleza desolada do continente, imagens de satélite revelaram a presença de estruturas colossais, semelhantes a pirâmides, na cadeia de montanhas de Ellsworth, um fenômeno que desencadeou uma onda de especulações e intrigas.

Essas formações, que aparecem como picos monumentais, têm uma semelhança impressionante com as icônicas Pirâmides de Gizé, tanto na forma quanto na grandiosidade de sua aparência. A maior dessas estruturas antárticas mede impressionantes 2 quilômetros quadrados em sua base, rivalizando com as dimensões de suas contrapartes egípcias antigas.

A Antártida, um continente envolto em gelo e inóspito para o ser humano médio devido às suas temperaturas extremas, apresenta um paradoxo. A presença de tais picos semelhantes a pirâmides em uma paisagem tão árida levanta questões sobre suas origens. O clima rigoroso do continente e os desafios para sustentar a vida humana lá adicionam camadas de mistério à descoberta.

'Pirâmide montanhosa' foi descoberta na Antártida

O fascínio em torno dessas estruturas não se limitou à comunidade científica. A fascinação do público deu origem a uma miríade de teorias e conjecturas, variando do plausível ao fantástico. Plataformas de mídia social têm vibrado com discussões, com um espectador sugerindo humoristicamente no Twitter: “São os alienígenas? Eu sabia!” Outros aventuraram palpites ligando as formações aos Illuminati, ou mesmo brincando sobre a realocação das pirâmides egípcias para o continente gelado.

No entanto, a explicação por trás dessas formações enigmáticas está enraizada nos processos naturais da Terra. Eric Rignot, professor de ciências do sistema terrestre na Universidade da Califórnia, Irvine, fornece uma perspectiva científica que desmistifica o fenômeno. Contrariamente às teorias de arquitetura alienígena ou engenharia humana antiga, essas chamadas pirâmides são, na realidade, montanhas que ocorrem naturalmente.

'Pirâmide montanhosa' foi descoberta na AntártidaO professor Rignot explica que picos em forma de pirâmide não são uma impossibilidade na natureza. Muitas montanhas exibem uma ou duas faces que se assemelham a uma pirâmide, embora seja raro que uma montanha mostre essa geometria em todos os quatro lados. As formações na Antártida, chamadas de ‘montanhas com pico piramidal’, resultam da convergência de geleiras contra os lados de uma massa de terra existente, esculpindo as montanhas em suas formas distintas ao longo de milênios.

Esse fenômeno não é único do continente gelado. Montanhas com pico piramidal semelhantes podem ser encontradas em outras partes do mundo, como o Monte Búlandstindur na Islândia e a Montanha Bordoyarnes nas Ilhas Faroé.

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados 

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso ao permanecer nesse site. Aceitar Leia mais