O Papa reconheceu o primeiro ‘santo millennial’. Como fazer para se tornar um também?

por Lucas Rabello
0 comentário 2,1K visualizações

Millennials, preparem-se: vocês não estão apenas entrando no mercado imobiliário ou mirando na classe milionária. Vocês podem estar mirando a santidade. O Vaticano anunciou recentemente que Carlo Acutis, um garoto nascido em Londres e criado em Milão, que morreu de leucemia em 2006 aos 15 anos, qualifica-se para a canonização. Ele é o primeiro millennial a alcançar este marco.

Você pode estar imaginando um antigo romano que morreu por muitas flechas ou pela falta de pele, e não um garoto moderno com talento para programação. Mas sim, novos santos são uma realidade. O Papa atual reconheceu mais de 900 na última década. Então, como um millennial pode se tornar um?

Primeiro, alguma terminologia. De acordo com a doutrina católica e várias outras denominações cristãs, qualquer pessoa no céu é um santo. Mas existe um grupo especial – com mais de 10.000 membros – que recebe reconhecimento formal. Na Igreja Católica, é um processo de três etapas: venerável, beato e, finalmente, santo.

No primeiro milênio da Era Comum, os santos eram escolhidos por aclamação pública – uma versão medieval de um concurso de popularidade. É por isso que os primeiros santos têm histórias tão bizarras. Pense em Santa Lidwina, que supostamente sobreviveu 37 anos sem comida ou sono, ou São Dionísio, que supostamente pegou sua cabeça decapitada e caminhou vários quilômetros pregando. Naquela época, se pessoas suficientes acreditassem que você escapou da barriga de um dragão induzindo refluxo extremo, você estava dentro.

As coisas mudaram em 31 de janeiro de 993, quando o Papa João XV desenvolveu um procedimento formal de canonização, fazendo de São Ulrico o primeiro santo oficial. A partir de então, a santidade precisava da aprovação do Papa.

A próxima grande mudança veio em 1588, com a criação da Congregação dos Ritos pelo Papa Sisto V, estabelecendo a icônica posição do advogado do diabo. Este papel, originalmente conhecido como Promotor da Fé, foi projetado para argumentar contra uma canonização proposta, garantindo que os milagres do candidato fossem legítimos. A ideia era ter alguém defendendo uma visão cética para resistir a qualquer tipo de dúvida.

Embora o papel tenha sido praticamente abolido em 1983, ainda há espaço para visões opostas durante o processo de canonização. Você nem precisa ser um oficial da igreja, um católico ou um cristão para apresentar objeções. Famosamente, o ateu Christopher Hitchens foi convidado a testemunhar contra a canonização de Madre Teresa em 2003.

Como se tornar um santo?

Se você quer se tornar um santo, o primeiro passo é simples: morrer. Depois, esperar cinco anos. Este período permite maior objetividade na avaliação do caso. Se você for bem conectado, seus apoiadores podem convencer o Papa a dispensar este período de espera, como aconteceu com Madre Teresa e o Papa João Paulo II. Caso contrário, a paciência é fundamental.

Após cinco anos, seus apoiadores podem pedir ao bispo local para abrir uma investigação sobre sua vida. Esta investigação é minuciosa. Tudo o que você escreveu ou publicou é examinado. O objetivo é encontrar provas de uma vida de “virtude heroica”. As evidências coletadas podem chegar a milhares de páginas.

Uma vez reunidas as evidências, elas são enviadas ao Dicastério para as Causas dos Santos no Vaticano. Um grupo de nove teólogos examina o caso e vota. Se aprovarem, ele vai para os cardeais e bispos do Dicastério. Se eles também aprovarem, o Papa decide se declara você Venerável ou Beato.

Em seguida, você precisa realizar um milagre. A exigência do Vaticano é alta: o milagre deve ser instantâneo, não recorrente e não atribuível a qualquer outro tratamento. Os relatos são revisados por um painel de cientistas e médicos para encontrar explicações racionais. Se eles acharem inexplicável, cabe ao Papa declará-lo um milagre.

Para a beatificação, é necessário um milagre. Para Acutis, a beatificação veio em 2020, quando o Papa Francisco declarou a recuperação de um garoto de sete anos de um raro distúrbio pancreático após entrar em contato com a camisa de Acutis como milagrosa.

Mas a santidade exige um segundo milagre pós-beatificação. Se você conseguir isso, pode ser canonizado e formalmente reconhecido como um santo. Passe por todas essas etapas e você também pode se juntar às fileiras dos modernos santos millenniais.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados