Frango ‘milagroso’ sem cabeça viveu 18 meses apesar de ter sido atingido com machado em tentativa de abate

por Lucas Rabello
0 comentário 441 visualizações

Já ouviu a frase “correndo como um frango sem cabeça”? Não? Eu também não. Bem, um frango levou esse caos e transformou em um espetáculo bizarro e duradouro. Conheça Mike, o Frango Sem Cabeça, que desafiou as probabilidades e a lógica ao viver por 18 meses sem cabeça.

Tudo começou em 10 de setembro de 1945, no Colorado, EUA. O fazendeiro Lloyd Olsen foi buscar um frango para o jantar. Ele escolheu Mike, um frango Wyandotte de cinco meses e meio. Lloyd balançou o machado, e a cabeça de Mike rolou. Mas aqui está o detalhe — Mike não morreu. Enquanto a maioria dos frangos pararia de se mover após alguns segundos ou minutos frenéticos sem a cabeça, Mike continuou.

Lloyd Olsen, provavelmente tão surpreso quanto um homem poderia estar, decidiu ver o que aconteceria a seguir. Em vez de preparar Mike para o jantar, ele começou a alimentá-lo com um conta-gotas. Mike recebeu uma mistura de leite e água, além de pedaços de milho e vermes. E adivinhe? Mike continuou a fazer coisas de frango — arrumando suas penas, ciscando por aí, até tentando cantar. Embora, sem cabeça, seu canto soasse mais como um gorgolejo do que o chamado orgulhoso de um galo.

A sobrevivência estranha de Mike não passou despercebida. Ele se tornou uma estrela de shows bizarros, viajando pelo país com outras esquisitices e tendo sua foto em revistas. No auge de sua fama, Mike estava rendendo cerca de $4.500 por mês para Lloyd — equivalente a mais de $72.000 hoje (R$ 370 mil). Isso mesmo, Mike, o Frango Sem Cabeça, era uma grande fonte de dinheiro.

Como Mike conseguiu viver tanto tempo sem cabeça?

Olsen alimentou Mike com leite e água com um conta-gotas. (X/@ Morbidful)

Olsen alimentou Mike com leite e água com um conta-gotas. (X/@ Morbidful)

Não foi apenas um acidente estranho. Quando o machado de Lloyd desceu, ele de alguma forma não atingiu a veia jugular de Mike. Esse golpe milagroso significava que Mike não sangrou até a morte instantaneamente. Além disso, parte do tronco cerebral de Mike e uma orelha permaneceram intactos. O tronco cerebral controla funções vitais como respiração e batimentos cardíacos, então Mike tinha cérebro suficiente para continuar vivendo. Frangos também têm órgãos de equilíbrio em outras partes do corpo, ajudando Mike a se manter em pé e móvel.

A vida de Mike sem cabeça chegou a um fim repentino em 1947. Ele se engasgou com um grão de milho, ou pelo menos essa é a história mais aceita. Seus donos alegaram que o venderam, mas de qualquer forma, os dias sem cabeça de Mike terminaram.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados