Fotógrafo exclui todas as fotos do casamento de casal depois que ele não teve permissão para comer e beber

por Lucas Rabello
2 comentários 21,8K visualizações

Um fotógrafo recentemente provocou um grande debate online após decidir excluir toda a coleção de fotos de casamento de um casal. A controvérsia surgiu depois que o fotógrafo, que não era um profissional, mas havia concordado em cobrir o evento para um amigo devido a restrições orçamentárias, compartilhou sua história no fórum ‘AITA’ (Am I the a**hole?) do Reddit.

O indivíduo em questão narrou sua experiência, que começou às 11h e estava programada para terminar por volta das 19h30. Apesar de seu status não profissional, ele havia concordado em fotografar o casamento por 250 dólares. O dia transcorreu sem grandes incidentes até a festa de casamento. Neste ponto, foi informado ao fotógrafo que não lhe era permitido participar da refeição ou fazer uma pausa para comer, nem foi reservado um assento para ele em qualquer mesa. O fotógrafo destacou as condições desafiadoras, observando: “Também estava inacreditavelmente quente.”

Conforme o evento prosseguia, o fotógrafo se aproximou do noivo para solicitar um breve intervalo, “20 minutos apenas para pegar um pouco de água”, apenas para ser recebido com um ultimato: continuar trabalhando sem pausa ou sair sem compensação. O fotógrafo relatou: “Com o calor, a fome e geralmente irritado com as circunstâncias, perguntei se ele tinha certeza, e ele disse que sim, então eu excluí todas as fotos que tirei na frente dele.” Após isso, o fotógrafo informou ao noivo que não mais atuaria como fotógrafo do evento e partiu.

Aumentando a complexidade da situação, o fotógrafo revelou que o casal havia previamente enviado a ele um pedido de RSVP para selecionar suas preferências de refeição para o dia, implicando que arranjos para sua alimentação haviam sido inicialmente considerados.

Este incidente levou a opiniões divididas entre os leitores e comentaristas. Alguns se identificam com o dilema do fotógrafo, condenando a aparente exploração e falta de cortesia do casal. Um comentarista expressou apoio à posição do fotógrafo, afirmando: “Eles estavam se aproveitando de você, ao ponto de exploração, e você se defendeu. Eles não estavam agindo como amigos, muito menos como pessoas decentes que contrataram alguém por seus serviços por uma ninharia. Tente não se subvalorizar no futuro OP.”

Por outro lado, outros argumentam que a reação do fotógrafo foi desproporcional e penalizou injustamente a noiva pelas exigências do marido, deixando o casal sem memórias tangíveis de seu dia especial. O sentimento entre essa facção é de arrependimento de que um simples gesto de gentileza, como fornecer uma refeição ou uma pausa, poderia ter evitado todo o imbróglio.

2 comentários

Eduardo Colaço 15 de fevereiro de 2024 - 18:42

Eu sou profissional, já por duas vezes tive vontade de fazer o mesmo, uma das vezes era um familiar muito próximo… …
Há algumas pessoas que acham que podem desvalorizar o trabalho alheio, se fazem melhor, não me incomodem, deixem -me sossegado… …

Responder
Luc 9 de abril de 2024 - 00:11

Pena da noiva , talves. Potem ela ficou sem as fotos e ao saber o motivo, ficou coonhecendo o carater do noivo

Responder

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados