Vírus misterioso está infectando pessoas na China

Nas últimas semanas, uma epidemia envolvendo um vírus misterioso tomou a China, preocupando toda a comunidade médica internacional. O vírus aparentemente causa um tipo de pneumonia, o que levou à aparição de vários rumores de que poderia se tratar da “SARS” (ou Síndrome respiratória aguda grave). Extremamente contagiosa, e muitas vezes fatal, a SARS poderia representar um risco muito sério na China, principalmente pelo fato da infecção ter começado em Wuhan, um centro chinês com uma população superior a 11 milhões de pessoas.

No entanto, no último domingo, autoridades da China descartaram esta possibilidade. “Nós excluímos várias hipóteses, em particular as de que se trata de uma gripe, uma gripe aviária, um adenovírus, SARS e MERS”, disse a Comissão de Saúde de Wuhan.

As autoridades da cidade dizem também que oito pessoas foram punidas por “publicar ou compartilhar informações falsas na Internet sem verificação”. Até o momento, são 59 pacientes em situação bastante grave, mas não há registros de mortes até então. Todos estão sendo tratados em quarentena.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, não há nenhuma prova de que a doença está se espalhando de uma pessoa para outra, e a maior possibilidade está na ligação com a venda de peixes em atacado e outros animais vivos. Os sintomas envolvem febre, dificuldade para respirar e lesões nos pulmões – que aparecem em exames de Raio-X.

“Os sintomas reportados entre os pacientes são comuns em muitas doenças respiratórias, e a pneumonia é comum no período do inverno”, disse a Organização Mundial de Saúde, que se posicionou contra a ideia de impedir viagens e criar restrições comerciais à China por conta do surto da doença.

A SARS matou 349 pessoas na China e outras 299 em Hong Kong durante um surto em 2003. Na época, o ministro da saúde Zhang Wenkang chegou a ser deposto por supostamente ter lidado muito mal com a situação.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.