Veículo da NASA encontra sinais consideráveis de gás metano em Marte

Novos dados revelados pelo veículo Curiosity, da NASA, afirmam que foi encontrada quantidade considerável de gás metano em Marte, de acordo com medições realizadas na última semana. Esta descoberta, para alguns cientistas, pode ser um indício de vida em solo marciano, já que, pelo menos na Terra, o metano é amplamente produzido por seres vivos.

De acordo com a NASA, no entanto, ainda não há motivo para grandes alvoroços, pois os resultados das medições ainda precisam passar por maiores checagens, que possam garantir a exatidão das informações. A descoberta recente foi informada pela entidade estadunidense no último sábado, dia 22, mas ela mesmo afirma que os dados ainda são “precoces”.

“Para manter a integridade científica, a equipe envolvida no projeto ainda deverá realizar novas análises de dados antes de confirmar as informações”, disse um porta-voz da agência dos EUA.

Segundo os cientistas, se a presença do metano for realmente confirmada em Marte, este pode ser um dado significativo na busca por vida no Planeta Vermelho. Isso porque o gás metano deveria ser facilmente quebrado pela atmosfera marciana em alguns séculos – o que indica que, realmente estando presente, ele deve ter sido lançado há pouco tempo.

Shutterstock

A sonda Curiosity procura, entre outras coisas, por metano na atmosfera de Marte desde 2012, mas não havia encontrado níveis consideráveis do gás até então. Para efeito de comparação, em 2012 a sonda havia identificado níveis de metano abaixo de uma parte por bilhão em Marte. Um ano depois, este nível subiu para 7 partes por bilhão. Agora, as medições mais recentes, de acordo com resultados preliminares, indicam 21 partes pro bilhão – um aumento bastante significativo.

Para que possamos interpretar melhor estes dados, no entanto, é necessário esperar uma confirmação dos dados por parte da NASA.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.