Um livro de 1981 parece ter previsto o surto de coronavírus em 2020

Dean Koontz é um escritor estadunidense de 74 anos, conhecido por suas obras de ficção científica e terror. Suas obras foram traduzidas no mundo inteiro, inclusive no Brasil, o que lhe confere bastante notoriedade entre o público leitor. Entretanto, Koontz talvez nunca tenha imaginado o tipo de fama que está recebendo na Internet atualmente.

O livro “The Eyes of Darkness”, romance escrito pelo autor em 1981, possui algumas similaridades com a epidemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus de Wuhan que se espalha por todo o mundo. Quem “alertou” a comunidade da Internet sobre a curiosidade foi o usuário “DarrenPlymouth”, no Twitter, onde publicou uma página do livro junto com um comentário: “É um mundo estranho este em que vivemos”.

Na página em questão, é possível ver algumas marcações em pontos cruciais da história que fazem com seja traçada essa relação com o novo coronavírus. O mais assustador, talvez, seja que na história criada por Dean Koontz um cientista chinês desenvolve uma arma biológica chamada “Wuhan-400”, com incrível poder destrutivo. Caso você esteja por fora, Wuhan é o nome da cidade chinesa onde ocorreram os primeiros casos de Covid-19, ainda no ano passado.

A história diz que a arma em questão, formada por pequenos micro-organismos, possui uma taxa de mortalidade próxima de 100% e mata suas vítimas em menos de um dia, poupando, entretanto, animais e plantas. É bem verdade que neste ponto a realidade é muito diferente da ficção – a Covid-19 mata aproximadamente 2,3% dos infectados -, mas as coincidências não param por aí.

Shutterstock

O livro traz o personagem “Li Chen”, um cientista que viaja para os EUA com um exemplar do micro-organismo desenvolvido pelos chineses. Curiosamente, Li Chen também é o nome de um cientista real que trabalha estudando o novo coronavírus chinês, inclusive tendo publicado alguns estudos sobre o mesmo até o momento.

As comparações entre a passagem do livro “The Eyes of Darkness” e a epidemia de Covid-19 já estão presentes em diversos comentários no Twitter do autor Dean Koontz, mas até então ele não se manifestou sobre o assunto.

você pode gostar também
1 comentário
  1. Anônima Diz

    Não sei se é uma previsão ou se os chineses já estavam elaborando isso a um tempo, porque está claro a ideia do vírus de dizimar uma parte da população e é óbvio que como praticamente toda doença no mundo, essa também foi criada por humanos. Fica a reflexão: o autor inspirou-se em fatos que ele talvez tivesse conhecimento, os chineses se inspiraram no autor ou foi uma previsão mesmo? 🤷

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.