Traficante se veste de mulher para escapar da prisão. Ele usava roupas e uma máscara

O tráfico de drogas e a insegurança em geral são um flagelo que afeta seriamente uma porcentagem considerável da população mundial. E o Brasil , um dos países mais inseguros das Américas, sabe o que é sofrer os ataques e infortúnios que vêm do comércio ilegal de drogas. Então, quando se soube que o traficante Clauvino da Silva, mais conhecido como Baixinho, tentou fugir da prisão, ganhou as manchetes – não pela tentativa de fuga em si, mas sim pela forma como o fez.

Foto: Divulgação

Esse homem é perigoso e foi condenado a 73 anos e 10 meses de prisão por tráfico de drogas. Ele estava detido no Presídio Gabriel Ferreira Castilho, conhecido como Bangu 3, no Rio de Janeiro, onde tentou fugir no último sábado e de maneira muito peculiar.

Foto: Divulgação

Porque Clauvino da Silva, de 42 anos, tentou fugir da prisão vestido de mulhe . De acordo com o que disseram à Globo, agentes do Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) , o preso deixou a filha na cadeia, enquanto guardava as roupas para fugir. E o plano teria corrido muito bem, se não fosse porque os agentes de segurança da prisão viram as falhas de seu disfarce e o descobriram.

Foto: Divulgação

Depois de perceber o comportamento suspeito de Clauvino disfarçado, ele, sua filha e outros 7 visitantes presentes foram enviados por agentes de segurança à delegacia para verificar os fatos. E entre eles, havia uma mulher grávida, suspeitando que ela forneceu a máscara e os óculos.

Agora, Clauvino foi colocado em isolamento na penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pelegrino, conhecida como Bangu.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.