Ter alucinações sem nenhuma droga é surpreendentemente fácil

O cérebro humano é uma coisa notável. Pode fazer coisas que nossos parentes primatas estão a milhares – talvez milhões – de anos de evolução, e nossas máquinas mais complexas não estão nem perto de competir com nossos poderes superiores de consciência e engenhosidade.

E, no entanto, esses 80 bilhões de neurônios também são incrivelmente frágeis.

Se a menor coisa der errado com uma conexão particular – talvez algo falhe, ou um certo caminho neural seja bloqueado – as coisas podem desmoronar muito rapidamente.

E, por incrível que pareça, mesmo sem quaisquer ferimentos ou defeitos estruturais, o cérebro humano pode ficar estranho por si só – acontece que é surpreendentemente fácil enganá-lo para ver e ouvir coisas que na verdade não estão acontecendo.

E não, não estamos falando de tomar um monte de drogas para ter alucinações. O cérebro pode fazer tudo isso sozinho, você só precisa saber como manipulá-lo.

Como demonstrado pelos caras neste vídeo do canal Scam Nation no YouTube, se você criar uma situação de intensa privação sensorial usando alguns objetos domésticos comuns, poderá induzir algumas alucinações muito fortes que bagunçam tanto a sua visão quanto a sua audição.

Você vai precisar de:

  • Folhas de papel branco
  • Bolas de algodão
  • Elásticos
  • Artigos de papelaria, incluindo tesoura, fita adesiva, grampeador e barbante
  • Um vídeo do YouTube com ruído branco de TV antiga ou estática que toca ininterruptamente por pelo menos 30 minutos
  • Fones de ouvido com cancelamento de ruído

Você pode fazer uma máscara para cobrir os olhos usando uma folha, algodão e um elástico (se tiver uma máscara de verdade, melhor, e não precisa de tanta gambiarra). Coloque um fone para não ouvir nenhum barulho de fora, apenas um vídeo tocando sons repetitivos. Em seguida, deite-se e tente ficar o mais parado possível.

Os efeitos geralmente começam a aparecer após cerca de 10 a 30 minutos.

Depois de 20 minutos, os caras do Scam Nation relataram ter visto formas, como silhuetas de dinossauros, águas-viva e o Olho de Sauron.

Soa como bobagem? Bem, claro, mas o que eles estão fazendo realmente segue os princípios de um fenômeno científico conhecido como o efeito Ganzfeld.

O efeito Ganzfeld descreve que quando você está exposto a “um campo de estimulação não estruturado e uniforme” – como ver a escuridão e ouvir constantemente a estática da televisão – seu cérebro responde amplificando o ruído neural em um esforço para encontrar sinais visuais ausentes.

Isso pode resultar em alucinações visuais e auditivas, como os caras do vídeo descrevem.

Naturalmente, cada pessoa experimentará o efeito de maneiras diferentes.

Quando Derek Muller, do canal Veritasium, experimentou sua própria versão de privação sensorial – trancando-se em uma câmara anecóica de ultra-silenciosa por 45 minutos – ele desmentiu o mito de que a falta de estímulo o enlouquecia, mas relatou alguns detalhes e sensações estranhas.

“Talvez a coisa mais estranha que notei foi a sensação do meu coração”, diz ele.

“Eu senti como se estivesse bombeando muito forte, e eu podia sentir, quase como o sangue fluindo através de mim. Não era como se eu estivesse ouvindo, era como se eu estivesse sentindo. E eu estava me sentindo como se, de certo modo, meu coração estava controlando meu corpo. Isso era algo estranho.”

Nessa situação, Derek não experimentou exatamente alucinações, mas o que ele descreve com seu coração sugere que seu cérebro estava amplificando as coisas na ausência de qualquer estímulo.

É uma ciência imprecisa, com certeza, porque o cérebro de cada pessoa responde de maneira diferente,, mas você pode experimentar o método do Scam Nation e ver o que acontece com você. Mas se um monstro aterrorizante o assombrar, não nos culpe, ok?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.