Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Técnicas usadas pelos políticos para fazerem mentiras parecerem verdades

Com certeza você já ouviu as seguintes frases: “Você só usa 10% do seu cérebro”, “Unhas e cabelos continuam crescendo após a morte”,”Vitamina C cura resfriado”, entre tantas outras que acreditamos ser verdade pela quantidade de vezes que são repetidas, não é mesmo?

Este é o chamado “efeito ilusório da verdade”, uma técnica usada a partir da repetição compulsiva, que leva uma pessoa a crer que uma mentira seja verdade.

Não obstante, muitos governantes, de várias nações usam mentiras para interesses próprios e até mesmo para iniciarem guerras. Neste contexto, uma pesquisa da Pew Research acabou por desvendar que 57% dos eleitores americanos acreditavam firmemente que o crime nos EUA havia piorado desde o ano de 2008, mesmo que os dados do FBI mostrassem que o crime reduziu em 20%. Mas quais seriam as técnicas usadas pelos políticos para fazerem mentiras parecerem verdades?

A repetição constante

Mistérios do Mundo

Lynn Hasher, psicóloga da Universidade de Toronto, no Canadá explica: “A repetição torna as coisas mais plausíveis, sendo o efeito é provavelmente mais poderoso quando as pessoas estão cansadas ou distraídas por outras informações”.

 A repetição também é uma técnica muito usada em propagandas políticas, tendo até mesmo Adolf Hitler usado essa técnica. Hitler escreveu em seu livro Mein Kampf que “Os slogans devem ser persistentemente repetidos até que o último indivíduo tenha absorvido a ideia”.

Sendo assim, o efeito funcionaria por uma “falha na psique” humana, que associa dois termos para a aceitação de uma informação: sua compreensão e sua familiaridade com o mesmo.

.

Entendendo as “falhas”

Mistérios do Mundo

Na primeira condição, que visa a compreensão do indivíduo, as pessoas tornam-se capazes de comparar as novas informações com outras que já conhecem, inclusive de outras fontes.

Porém, os pesquisadores descobriram que a familiaridade pode e muito superar a compreensão racional de um conceito, principalmente se a repetição circula entre o grupo social do indivíduo em questão.

“Ao escutar a informação por uma segunda vez, é muito mais fácil processá-la, pois nosso cérebro processa essa informação com maior fluidez, ao passo que o cérebro associa essa fluidez como verdade”, argumenta Lisa Fazio, psicóloga da Universidade de Vanderbilt, EUA.

Outras técnicas

Mistérios do Mundo

Distrações: Uma vez que a racionalidade exige trabalho de processamento, um cérebro ocupado com entretenimento e distrações é muito mais apto a aceitar as novas informações veiculadas.

Medo e ira: A imposição de um inimigo, seja para iniciar uma guerra ou mesmo em prol de uma ideologia, é uma forma muito utilizada pelos governantes para tanto preencher emocionalmente uma lacuna que seria usada pela racionalidade, como também associada a técnica da repetição para tornar válido o argumento proposto.

Veja a seguir uma resenha do livro Maquiavel Pedagogo pelo Youtube, do autor americano Pascal Bernard, em que outros exemplos sobre as técnicas usadas pelos políticos para fazerem mentiras parecerem verdades que são aplicadas também pelas empresas na venda de seus produtos.

Fique atento! [Wired]

Comentários
Carregando...