Seca em rios europeus revelou pedras com mensagens preocupantes

À medida que a Europa definha na seca, que inclusive virou recorde no verão de 2018, algumas coisas estranhas começaram a acontecer: e não somente estranhas, como de fato assustadoras!

Contornos misteriosos de sociedades antigas revelaram-se em toda a paisagem marcada, mas não se tratam apenas vestígios de um certo tipo de arquitetura fantasmagórica, como também palavras sombrias de aviso vieram à tona.

Essas pedras com inscrições são conhecidas como ‘pedras da fome’ e começaram a reaparecer na República Tcheca depois de uma prolongada seca que ainda aflige a Europa Central, conforme informado pelo portal AP News.

Tradicionalmente essas pedras deveriam estar abaixo da linha de água do rio Elba enquanto flui através da cidade de Děčín no norte do país, porém agora com níveis de água recordistas extremamente baixos na Europa, as rochas e as palavras gravadas nelas novamente ressurgiram. Veja só as imagens:

Nas condições atuais, mais de uma dúzia de pedras da fome podem agora ser vistas em torno de Děčín. O mais antigo e famoso destes marcos, conhecido simplesmente como “Pedra da Fome” de acordo com o guia turístico de Děčín, contém uma inscrição que data de 1616, onde se lê: “Wenn du mich siehst, dann weine” (Se você me vir, chore).

Outras dizem coisas como “Nós choramos e você vai chorar”, e “Quem uma vez me viu, chorou. Quem me vê agora vai chorar”.

As razões para esses ataques sinistros de choro podem ser numerosas.

Quando a seca e o calor chegam, pode sinalizar não apenas uma colheita ruim, mas a falta de comida e preços mais altos. E quando o nível da água diminui, o transporte fluvial torna-se mais difícil, ameaçando o sustento das famílias que vivem ao longo da costa.

[NPR]

Comentários
Carregando...