Rachel Zegler responde a pessoas que alegam que ela não deveria ser a Branca de Neve

por Lucas Rabello
0 comentário 315 visualizações

Rachel Zegler, enfrentando mais uma rodada de críticas por seu papel como Branca de Neve, mantém-se firme em meio à reação negativa. Os fãs da Disney estão aguardando ansiosamente este remake desde que os planos para a nova adaptação do clássico de 1937, Branca de Neve e os Sete Anões, foram confirmados em outubro de 2016. Zegler entrou para o elenco em 2021, com o filme programado para estrear em março de 2025, um ano mais tarde do que o originalmente planejado.

A internet, como de costume, não tem sido gentil. Os críticos são vocais sobre a escolha de Zegler, observando que a Branca de Neve original era uma personagem branca, enquanto Zegler é descendente de colombianos e poloneses. Apesar da controvérsia, Zegler permanece impassível. Recentemente, um usuário do Instagram comentou em uma foto de Zegler ao lado de uma estátua da Branca de Neve, dizendo: “Eu te amo muito, Rachel, mas não acho que você seja tão branca como ‘neve’.”

Zegler, com uma mistura de elegância e sagacidade, respondeu: “No conto de fadas original, ela foi nomeada por causa de uma nevasca que aconteceu quando ela nasceu, a qual ela foi forte o suficiente para sobreviver, mesmo sendo um bebê.” Sua resposta recebeu quase 5.000 curtidas, com fãs correndo em sua defesa. Um apoiador elogiou: “Rachel Zegler, se você vir meu comentário, eu te digo que você é a escolha perfeita para Branca de Neve. Você é linda, não consigo imaginar uma Branca de Neve mais bonita que você. Amei seu trabalho em Shazam.”

Rachel Zegler responde a pessoas que alegam que ela não deveria ser a Branca de Neve

Outro fã ecoou: “Adorei você em Shazam e Jogos Vorazes e mal posso esperar para ver mais do seu talento.” Um usuário diferente escreveu: “Branca de Neve sempre foi minha favorita desde que eu era pequena. Você interpretando Branca a torna ainda mais especial para mim.”

Zegler não é estranha à controvérsia em relação ao próximo filme. Alguns de seus comentários sobre o filme original geraram debate. “O desenho original saiu em 1937, e isso é muito evidente. Há um grande foco na história de amor dela com um cara que literalmente a persegue. Estranho! Estranho! Então não fizemos isso desta vez,” comentou Zegler.

Essa perspectiva não agradou a todos. Um crítico retrucou, dizendo: “Pensar que uma mulher é menos valiosa porque se apaixona ou porque aceita ajuda de alguém em vez de enfrentar seus problemas sozinha não é feminista.”

A controvérsia não desacelerou Zegler. Ela tem se envolvido ativamente com seus fãs, que têm apoiado sua jornada como Branca de Neve. Eles elogiam suas performances anteriores e expressam entusiasmo pelo que ela trará ao papel icônico. Para muitos, Zegler representa uma visão nova e moderna da personagem querida, refletindo o mundo diverso em que vivemos hoje.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados