Quais figuras políticas reais já foram usadas nas histórias em quadrinhos?

Durante a Segunda Guerra Mundial, quando os quadrinhos estavam começando a ser produzidos e já experimentavam enorme êxito, as editoras não tinham a menor preocupação com o politicamente correto. Para o delírio dos fãs americanos, o grande vilão de muitas histórias era um personagem real: o Führer Adolf Hitler.

Praticamente todos os super-heróis famosos foram ao fronte de batalha incentivar os soldados americanos na guerra contra os Nazistas. O Capitão América, logo em sua primeira capa, aparecia socando Hitler. Depois chegou a aparecer jogando o ditador em um cesto de lixo.

Mistérios do Mundo

Já pela DC Comics, Batman, Superman e Robin apareceram jogando bolas de baseball no rosto de Hitler, no ditador italiano Benito Mussolini e no imperador Hirohito, do Japão. Nada de supervilões. Na época, estes eram os grandes inimigos dos super-heróis.

Mistérios do Mundo

Durante a Guerra Fria, nos anos 1950, as coisas ficaram mais comedidas. As menções passaram a ser feitas visualmente, mas os nomes de pessoas reais não costumavam ser citados. Dessa forma, já apareceram como vilões nas últimas décadas “sósias” do ex-ditador iraquiano Sadam Hussein e do líbio Muamar Kadafi, entre outros.

Comentários
Carregando...