Pular para o conteúdo
Professor tatuado é impedido de dar aulas para crianças

Professor tatuado é impedido de dar aulas para crianças

Sylvain Helaine vem da França, tem 37 anos e tem a particularidade de ter todo o corpo cheio de tatuagens, incluindo a cabeça, as palmas das mãos, a língua e até os olhos.

Helaine garantiu em várias entrevistas que passou mais de 460 horas em diferentes estúdios, fazendo todas as suas tatuagens, além de ter gasto mais de 56.000 euros.

Esse hobby lhe trouxe vários problemas, pois Helaine, além de seu amor pela tinta, também expressou seu amor pela docência, já que trabalha como professor, especificamente para crianças do ensino fundamental.

Vários pais, ao longo da carreira de Helaine, expressaram seu descontentamento em relação a ele, argumentando que sua aparência causa medos e “pesadelos” em seus filhos. Eles até o listaram como “O professor mais assustador do mundo”.

No ano passado, as autoridades de uma escola primária em Paris proibiram Helaine de ensinar crianças, devido a reclamações de pais que eram contra sua aparência.

Mistérios do Mundo

Crédito: Reprodução

Este caso foi melhor detalhado numa entrevista que concedeu à rádio francesa BFMTV, onde falou sobre o seu quotidiano, as dificuldades que surgem devido à sua aparência, mas sobretudo como estas situações negativas não afectam o seu objetivo de se tornar um ótimo professor.

“Minha inspetoria não quer mais que eu vá para a creche para evitar receber cartas de reclamação, e é uma decisão muito triste. Eles querem ficar tranquilos e evitar que os pais reclamem da minha aparência”, disse Helaine ao microfone.

A trajetória de trabalho de Silvain demonstra sua extensa carreira docente, tendo lecionado em diversos níveis de ensino, como jardim de infância, ensino fundamental e, em alguns casos específicos, ensino médio na Inglaterra, segundo o meio radiofônico.

“Minha aparência não é um obstáculo no dia a dia, porque acredito que sou um bom professor e dou o meu melhor no meu trabalho e tenho progredido ano a ano”, comenta alegremente Helaine na entrevista.

Ele também assegurou à BFMTV que os casos em que teve problemas devido às suas tatuagens são muito poucos.