Por que sentimos um “choque” nos dentes quando mordemos papel alumínio?

Se alguma vez você já teve o desprazer de morder um pedaço de papel alumínio, você sabe como isso pode ser doloroso. Isso acontece, às vezes, quando alguém vai comer um bombom ou chocolate enrolado nesse tipo de papel, e se esquece de tirar completamente a embalagem em volta do produto.

Ao morder o pedaço de papel alumínio, é gerada uma pequena carga, que em contato com outros elementos e substâncias presentes na nossa boca, acaba provocando um choque extremamente desconfortável.

Mas você sabe por que isso acontece?

Shutterstock

De acordo com o site ‘How Stuff Works’, que se dedica a investigar e responder esse tipo de curiosidade, isso acontece porque a folha de alumínio tem o poder de criar um efeito semelhante ao de uma “bateria” na nossa boca, fazendo com que a corrente elétrica gerada estimule as terminações nervosas nas raízes dos nossos dentes.

O que provoca todo esse efeito desconfortável é a pressão gerada pelo atrito dos dentes com o papel alumínio. Tudo é agravado quando a pessoa possui algum tipo de restauração ou implante nos dentes. Isso porque as restaurações normalmente utilizam mercúrio, e os implantes podem envolver pedaços de ouro, prata ou outros metais. Esse contato de diferentes metais, uns contra os outros, além da ação de várias sais e minerais presentes na saliva, gera uma combinação eletrizante.

De forma resumida, essa combinação faz com que os elétrons presentes no papel alumínio saiam em direção ao dente. A dor acontece porque nosso cérebro interpreta os impulsos nervosos gerados pelo “choque” como se fossem sinais de dor.

Tudo, no entanto, não passa de uma espécie de “bug” no nosso cérebro, já que a dor não é verdadeira, e sim apenas um “mal-entendido”.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.