Pular para o conteúdo
Por que o neto de Edir Macedo foi expulso de casa e até morou na rua?

Por que o neto de Edir Macedo foi expulso de casa e até morou na rua?

Edir Macedo é o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário e presidente da Record TV, a segunda maior emissora de televisão do Brasil. Ele também é supostamente um bilionário.

Seu neto, Filipe Bezerra Cardoso, alegou que seus pais, o bispo Renato Cardoso e a escritora Cristiane Cardoso, o expulsaram de casa porque ele se recusou a continuar os estudos para se tornar pastor da Igreja Universal. Com isso, Filipe acabou vivendo nas ruas por um tempo e abrindo mão do império de sua família.

Filipe foi adotado pelos avós quando tinha três anos, em Portugal. Ele agora mora nos Estados Unidos e trabalha como motorista.

Pressão dos pais

Segundo Filipe, a sua mãe teve um sonho em que o via a tornar-se pastor aos 17 anos e a constituir uma família religiosa, e quando isso não aconteceu, começou a impor regras para tentar obrigar o filho a seguir este caminho.

O jovem afirmou que foi expulso de casa três vezes devido à sua recusa em se tornar pastor. A primeira foi em 2012, quando deixou os Estados Unidos para trabalhar como técnico de áudio em uma rádio da Universal no Brasil, mas foi expulso após 11 meses devido ao desejo do pai de afastá-lo de amizades fora da igreja.

Filipe então voltou para os Estados Unidos e morou na casa de um pastor em Dallas, mas também foi expulso daquela casa. Em 2013, ele voltou ao Brasil, conheceu sua esposa, Julianni, e mudou-se para o Rio de Janeiro.

Porém, posteriormente mudou-se para o Templo de Salomão, em São Paulo, onde enfrentou regras ainda mais duras. Filipe trabalhou na igreja e no canal cristão dos EUA, ULFN (Universal Living Faith Network) até 2020, quando foi demitido devido a conflitos com bispos e pastores.

Desde então, Filipe se mudou e atualmente mora com sua esposa e filha em Houston. Julianni mandou mensagem para a mãe de Filipe pedindo ajuda, mas ao invés de receber ajuda, eles foram ameaçados.

O casal então usou a Internet para compartilharem a história, o que levou a mãe e o pai de Filipe a serem amplamente criticados nas redes sociais. A mãe já se desculpou, mas Filipe afirmou que não quer se reconciliar com os pais.

“Resolvi ir para a internet e soltar tudo de uma vez. Falei que não gostavam da minha filha. E falei para as pessoas irem no Instagram e cobrarem o Renato. Ele ligou ameaçando o Filipe. Demorou para pagar o que devia e depois o demitiu. Eles nunca pararam de humilhar a gente, de fazer maldades”, disse Julianni.