Por que as pessoas não sorriam nas fotos antigas?

Você provavelmente já percebeu que as pessoas não sorriam em fotografias antigas. Muitas hipóteses já foram levantadas sobre o motivo para isso acontecer. Entre elas, estava a possibilidade do indivíduos da época terem vergonha de mostrar seus dentes sujos, comuns na época. Entretanto, isso não faz muito sentido, já que justamente por ser tão comum, os dentes sujos ou ausentes não significavam praticamente nada. Tanto é que, como uma publicação do ‘KnowledgeNuts’ cita, o primeiro ministro britânico de 1855, Lord Palmerston, era considerado incrivelmente lindo, apesar de ter uma série de dentes ausentes em seu sorriso.

Outra possibilidade que fora levantada com o tempo foi a de que as fotografias mais antigas tinham tempos de exposição à luz muito grandes – isso é, para tirar uma foto, o fotógrafo precisava que seus “modelos” permanecessem em posição de 5 até 30 minutos. Apesar dessa ideia fazer um pouco de sentido, ela não explica o motivo pelo qual as pessoas não passaram a sorrir depois de 1840, quando as fotografias passaram a ser tomadas em menos de minuto.

O que pode (e deve) ter acontecido, na verdade, é que as pessoas simplesmente acham que sorrir era ridículo. “Uma fotografia é o mais importante documento, e não existe nada mais irritante que chegar ser eternizado com um sorriso bobo”, disse o escritor e humorista Mark Twain, dos Estados Unidos. Twain nasceu em 1835 e viveu até 1910.

A publicação do ‘KnowledgeNuts’ cita um artigo de Nicholas Jeeves, que no século 17 disse que “é um fato bem estabelecido que as únicas pessoas que sorriem exacerbadamente são os pobres, bêbados, inocentes e profissionais do entretenimento”.

Hoje em dia, e já há um bom tempo, com o avanço das fotografias, nós sorrimos em grande parte das fotos que tiramos. Entretanto, no passado, isso não era bem assim: sorrir era como estar fazendo uma careta – parecendo bobo e pouco relevante. E o que as pessoas da época menos queriam, era que fossem lembrados como bobos e pouco relevantes. [KnowledgeNuts]

Veja também: Mais do autor

Comentários

Carregando...