Você já viu esse bicho rastejando na parede da sua casa?

Você com certeza já deve ter visto esse pequeno “saquinho” branco pendurado em sua parede, não é mesmo? Vistos também nas fendas das molduras das portas e no fundo de guarda-roupas e outros móveis, geralmente não nos incomodamos com eles. Bom, até ver que esses bichinhos podem se rastejar, saindo por ambas as extremidades de seu casulo! Mas, o que são exatamente?

Futuras mini mariposas

Foto: Reprodução

Esse animal é, de fato, um bicho e na verdade é um uma larva de microlepidóptera, em outras palavras, uma mariposa bem pequena da família Tineidae. São mais conhecidas como traça-de-roupa no Brasil.

Essas traças vivem em casulos achatados e cinzentos, medindo cerca de 1,3 cm de comprimento. Eles são feitos com fibra de seda, partículas de areia, fiapos, fragmentos de tinta e outros detritos.

O casulo possui uma abertura semelhante a uma fenda em cada extremidade, de modo que a larva é capaz de esticar a cabeça para fora para se movimentar e se alimentar em qualquer uma das extremidades.

Essa é a visão que terá ao encontrá-las em sua parede. Foto: Reprodução

Elas são encontradas em locais com climas quentes e úmidos, requisitos necessários para que se desenvolva. Podem ser encontradas em outros lugares altamente úmidos, como Havaí, Panamá, Sri Lanka, Índia e Cingapura. As fêmeas colocam seus ovos em locais aquecidos e sem luz, onde a umidade seja algo em torno de 75% e morrem logo após a postura.

Assim que as larvas estão prontas para passarem para o estágio de pupa, elas migram pelas paredes ou cantinhos em busca de frestas. É por esse motivo que vemos elas circulando bem devagar pelas paredes. Isso sem dúvida é um sinal de que já comeram bastante dentro do seu armário.

Foto: Reprodução

Mas, afinal, são de alguma forma nocivas a seres humanos?

De maneira alguma! De fato, eles só gostam de ficar no seu quarto porque comem teias de aranha, seda, lã, pelos de animais, cabelos e os casulos descartados de membros de sua própria espécie.

A questão é que ninguém gosta delas. Para evitar esses bichinhos dentro da sua casa, evite acumular papéis velhos, mantenha livros e revistas em locais limpos e arejados e aspire periodicamente frestas e rodapés, pois é lá que gostam de passar boa parte do tempo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.