Por 28 anos uma lente de contato ficou alojada na pálpebra dessa mulher e somente agora os médicos a encontraram

Muitos dos usuários de lentes de contato já devem ter pensado nessa possibilidade pelo menos uma vez na vida: “e se essa coisa ficar presa no meu olho?” Bem, isso já aconteceu com alguém. Uma mulher de 42 anos de idade no Reino Unido conseguiu passar 28 anos com uma lente de contato em um de seus olhos sem sequer notar, de acordo com um artigo publicado na revista BMJ Case Reports.

A mulher tinha ido ao médico com inchaço na pálpebra superior esquerda, além de leve ptose – o que significava que a pálpebra superior estava caída. O inchaço começou como um caroço do tamanho de uma ervilha que ficou maior e doloroso de tocar.

Um exame de ressonância magnética revelou um nódulo que se acredita ser um cisto acima do olho esquerdo e a cirurgia revelou uma pequena surpresa por dentro.

Assim que o cisto saiu, revelou uma única lente de contato rachada.

A lente era rígida permeável a gás (RPG). Ao contrário das lentes de contato gelatinosas mais utilizadas atualmente, as lentes RPG são um tipo mais antigo que foi usado pela primeira vez na década de 1960. Eles são mais duras do que as lentes modernas, o que significa que podem ser desconfortáveis ​​no começo. Elas também são mais propensas a sair acidentalmente dos olhos.

Foi assim que os médicos descobriram que a lente estava no olho da mulher durante 28 longos anos. A última vez que a paciente usou esse tipo de lente foi quando tinha 14 anos de idade. Foi quando ela foi atingida no olho com uma peteca. Todos haviam presumido que a lente de contato simplesmente havia caído, mas estavam muito enganados.

Inacreditavelmente, durante todos esses anos, a ligeira queda das pálpebras foi a única indicação de que algo estava errado.

[BuzzFeed]

Comentários
Carregando...