Pular para o conteúdo
Policial se ajoelha na frente de uma garota que pede para ele não reprimir seu povo

Policial se ajoelha na frente de uma garota que pede para ele não reprimir seu povo

Um fato emocionante ocorreu durante uma passeata realizada por um grupo de mulheres em La Paz, na Bolívia, que exigia a libertação do governador Luis Fernando Camacho, que está preso preventivamente no presídio de Chonchocoro.

Testemunhas relataram que um policial se ajoelhou diante de uma menina e chorou enquanto expressava seu compromisso de cuidar da população. As imagens são particularmente significativas, pois há denúncias de repressão policial contra os manifestantes que exigem a libertação de Camacho há vários dias.

Em um desenvolvimento separado, o subcomandante da Polícia Departamental de Santa Cruz, coronel Edson Claure, se dirigiu a uma multidão que se aglomerava diante da instituição policial e garantiu que a polícia não reprimirá o povo de Santa Cruz.

Ele também afirmou que as mobilizações estão garantidas e pediu que elas sejam realizadas sem violência. Além disso, o coronel Claure declarou que os policiais que teriam cometido abusos serão processados ​​em processos administrativos e criminais.