Pular para o conteúdo
Policial que estava em cavalo é atacada em Brasília

Policial que estava em cavalo é atacado em Brasília

Nesse domingo, 8 de janeiro, apoiantes do ex-presidente Jair Bolsonaro invadiram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o STF (Supremo Tribunal Federal) em Brasília, causando caos e destruição.

Uma policial a cavalo foi atacado por terroristas, conforme mostra o vídeo abaixo (imagens fortes).

Os invasores bolsonaristas vandalizaram os prédios, destruindo cadeiras, câmeras e janelas.

No STF, os terroristas chegaram a arrombar a porta do ministro Alexandre de Moraes. Em resposta, integrantes do Batalhão da Guarda Presidencial, da Força Nacional e do Exército foram enviados ao Palácio do Planalto para retirar os manifestantes.

Um helicóptero da Polícia Militar do Distrito Federal chegou a lançar bombas com efeito de atordoamento sobre os invasores. O batalhão de choque da Polícia Militar conseguiu retomar o controle do prédio do STF e expulsá-los.

A presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, criticou o governo do Distrito Federal pela forma como lidou com a situação, chamando-a de “irresponsável” e dizendo que o governador e seu secretário de segurança, que é bolsonarista, são os responsáveis pela invasão e ataque à democracia.