Pessoas do leste da Ásia estão compartilhando como a vida mudou após a quarentena

A maneira como vivemos certamente foi muito afetada por conta da pandemia do coronavírus, especialmente a forma como agimos em público, ainda mais quando falamos em restaurantes. Afinal, em restaurantes é sempre comum lidarmos com aglomerações e, ainda, é um local onde a higiene precisa ser minuciosa, pois levamos talheres diretamente à boca e precisamos saber como nossos alimentos são preparados.

E, pensando nisso, o chef e fundador do Momofuku, David Chang, pediu aos usuários do Twitter do leste da Ásia que compartilhassem fotos de como estão os protocolos dos restaurantes agora, pois muitos locais já decidiram retornar às atividades normais.

Existem desinfetantes corporais e alguns estabelecimentos estão colocando divisórias especiais e, ainda mais, estão até checando a temperatura corporal dos clientes para, em caso de febre, não permitirem a entrada deles. Por outro lado – e por incrível que pareça – algumas pessoas estão fingindo que nada aconteceu, o que pode colocar a população em risco novamente.

Veja o que algumas pessoas do leste da Ásia compartilharam sobre experiências pós-quarentena:

10 – Somente uma pessoa é permitida por mesa em alguns estabelecimentos:

@Twitter/yauleroy

9 – Medidas que a Starbucks em Taipei vem tomando:

@Twitter/nicolexandre

 8 – Os funcionários checam a temperatura na porta do estabelecimento e tanto funcionários como clientes usam máscaras – exceto, é claro, quando os clientes irão comer.

@Twitter/blin23

7 – Um robô garçom:

6 – Desinfetante corporal e dos objetos são usados por toda parte:

5 – Na China, além das marcações no chão,  é importante que a temperatura corporal seja verificada, a fim de que a entrada seja barrada:

4 – Starbucks em Hong Kong:

3 – Infelizmente, alguns estabelecimentos parecem não levar a sério a pandemia: sem máscaras e forma alguma de higiene.

 2 – Painéis que separam, temporariamente:

@Twitter/seandixdesign

 1 – O refeitório da ASUS:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.