Pedra de granizo gigantesca quebra recordes na Argentina

Uma pedra de granizo de proporções gigantescas, que se formou na Argentina durante uma grande tempestade em 2018. De acordo com pesquisadores da Pensilvânia, que estiveram estudando o caso, essa pedra de granizo chegou a ter algo em torno de 18 e 23 centímetros, o que faz dela a maior do seu tipo já registrada no mundo inteiro.

As pedras de granizo ocorrem quando gotas de água congelam e se unem nas regiões mais frias do olho de uma tempestade. Elas aumentam de tamanho a depender da velocidade com que rotacionam nas nuvens, acumulando mais e mais água a cada volta. Eventualmente, quando a tempestade não consegue mais gerar força suficiente para sustentar as pedras de granizo, elas caem para a superfície da Terra, muitas vezes machucando algumas pessoas ou até mesmo danificando telhados, carros e etc.

De acordo com os autores do novo estudo, que estiveram também analisando outras pedras de granizo, qualquer pedra com mais de 15 centímetros pode ser considerada “anormal”, e possivelmente tem como origem uma tempestade igualmente grande.

Victoria Druetta

“A tempestade foi uma super-célula, uma classe de tempestades fortes e duradouras, caracterizadas por uma corrente ascendente, rotativa e persistente”, disse Mathhew Kumijan, principal autor do estudo e professor associado do Departamento de Meteorologia e Ciência da Atmosfera da Universidade do Estado da Pensilvânia, nos EUA, em entrevista ao portal IFLScience.

De acordo com o professor, essas super-células produzem todas as condições necessárias para a formação de granizos de grandes dimensões, como o fluxo necessário de ar, e a intensidade suficiente para sustentar as pedras de granizo.

O mesmo estudo também apontou que essa tempestade, ocorrida em 2018 na Argentina, provocou uma série de danos materiais no país, como carros amassados, telhados danificados e outros problemas em várias cidades. Felizmente, de acordo com os pesquisadores, não há nenhum registro de pessoa ferida durante a tempestade por conta das pedras gigantes.

Antes desta, a detentora do título de maior pedra de granizo já encontrada era uma registrada em South Dakota, em 2010, com 20cm. No entanto, como é difícil analisar essas pedras, que rapidamente derretem quando caem no solo, possivelmente exemplares ainda maiores já devem ter sido encontradas em outras regiões do planeta.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.