Pular para o conteúdo
Pai desempregado faz só uma refeição por dia para que o filho não passe fome

Pai desempregado faz só uma refeição por dia para que o filho não passe fome

Wayne Baker, um pai de 38 anos de Thurrock, Inglaterra, recentemente perdeu seu emprego como carregador de cargas na indústria da construção.

A perda de seu emprego teve um impacto significativo sobre ele e sua família, pois eles tiveram que depender de um banco de alimentos e vender bens pessoais apenas para sobreviver.

Para piorar a situação, Wayne também recebeu um aviso de despejo em novembro por uma dívida de mais de 2.000 libras (R$ 13 mil), acrescentando mais estresse para sua família.

“Normalmente faço apenas uma refeição por dia – houve uma semana em que comi torradas ao jantar todos os dias”, contou Wayne.

“Como não estou trabalhando, não mereço comer tanto quanto eles, uma vez que ele [Cody, o filho] vai à escola e a minha esposa está no trabalho”, explicou, comentando também que escolheu isso por queles precisam de mais “energia”. Isso fez com que o homem perdesse 3 quilos em 2 meses.

Apesar das circunstâncias difíceis, Wayne recebeu ajuda de uma mulher, que o colocou em contato com uma plataforma de crowdfunding chamada Beam, que criou um perfil individual de arrecadação de fundos para ajudar pessoas que lutam com problemas sociais, como falta de moradia e migração.

Wayne foi tocado pela generosidade do público em apoiá-lo neste momento difícil. Ele disse: “Isso apenas mostra que, embora haja uma crise, as pessoas ainda estão dispostas a ajudar. É uma sensação boa e espero que, quando estiver de pé novamente, possa fazer o mesmo por outra pessoa.” Ele acrescentou que não poderia pedir ajuda ou dinheiro a amigos ou familiares, pois todos estão lutando com o custo de vida no momento.

A inflação afetou muitas pessoas em todo o mundo de maneiras diferentes, e a história de Wayne é apenas um exemplo das lutas que as famílias estão enfrentando. A perda de um emprego pode ter um impacto devastador na vida de uma pessoa e pode levar a uma espiral de dificuldades financeiras.