Orcas estão caçando grandes tubarões brancos

Tubarões brancos são imaginados popularmente como os maiores predadores dos mares, afinal de contas, com aquelas fileiras de dentes afiados e olhos sem emoção, é difícil imaginar alguém mais assustador.

Mas até mesmo esses monstros marinhos tem que ficar de olho: cada vez mais carcaças de tubarões brancos de diversos tamanhos estão sendo levadas para as praias da África do Sul.

As feridas eram todas semelhantes: um buraco entre as nadadeiras peitorais e o fígado. Mas o que poderia matar um animal que aparentemente estava no topo da cadeira alimentar?

Orcas. Orcas foram avistadas recentemente na região em que os tubarões foram encontrados mortos.

Diferentes populações de mamíferos marinhos podem se especializar em diferentes alimentos, com os da costa noroeste da América do Norte concentrando-se em peixes, enquanto algumas subpopulações na Antártida se especializam em baleias-anãs, por exemplo. Na costa da África do Sul, orcas estão atacando tubarões e arraias, arrancando o fígado e deixando o resto da carcaça.

Mas por que só o fígado?

Os pesquisadores marinhos pensam que as orcas gostam do fígado de elasmobrânquios (como os tubarões e arraias são tecnicamente conhecidos) por causa do alto teor de energia do órgão. Como tubarões não possuem uma bexiga natatória para ajudar com a flutuabilidade, como outros peixes, eles desenvolveram um fígado rico em óleo, que ajuda tanto na subida e descida na água como também lhes fornece energia. E parece que as orcas descobriram isso.

Mas como é possível um tubarão de quase 5 metros ser presa fácil para uma orca?

Os cientistas acreditam que as orcas aproveitam a estranha peculiaridade fisiológica observada nos tubarões conhecida como imobilidade tônica, isto é, quando de cabeça para baixo, os tubarões e raias entram em uma espécie de transe, ficando vulneráveis.

Uma observação na costa oeste dos EUA revelou como um grupo de orcas bateu na lateral de um grande tubarão branco e o virou de cabeça para baixo. Algumas espécies de tubarões, quando param de nadar, não conseguem respirar, e assim as orcas podem afogar o predador, antes de devorá-lo.

Assustador.

você pode gostar também
2 Comentários
  1. Antônio madureira dos anjos Diz

    Assustador ou elas estão evoluindo a inteligência delas.

  2. Frederico Augusto Diz

    Também acredito que tal como nós,elas estão evoluindo sua inteligência com o passar dos tempos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.