Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

O que formou a “cidade flutuante” no céu da China?

Milhares de moradores de Jiangxi e Foshan na China relataram ter visto uma “cidade flutuante” no céu no início deste mês. As imagens e vídeo parecem mostrar arranha-céus que emergem das nuvens.

Claro que a notícia despertou a imaginação das pessoas para descobrir o que estava acontecendo. As explicações para o evento variaram de uma falha na Matrix, universos alternativos se abrindo e a NASA tentando estabelecer uma nova ordem mundial através de um plano chamado “Projeto Blue Beam”.

No entanto, parece que a explicação é, na verdade, um tipo raro de miragem chamada Fata Morgana. É essencialmente uma ilusão de ótica causada por condições climáticas específicas dobrando os raios de luz. Isso ocorre quando o Sol aquece uma camada da atmosfera, mas a camada de ar abaixo permanece fria. Quando diferentes camadas da atmosfera estão em diferentes temperaturas, um gradiente de temperatura é gerado. Estas temperaturas diferentes também significam densidades diferentes entre as camadas.

Quando a luz atinge um limite entre duas camadas da atmosfera que estão em diferentes temperaturas e, assim, densidades diferentes, ela é dobrada, ou refratada, e subsequentemente entra na camada seguinte em um ângulo diferente. Nosso cérebro não pode dar conta automaticamente disso, então quando a luz atinge os nossos olhos, o nosso cérebro assume que ela viajou em um caminho reto. Quando foi refratada, percebemos o objeto estando no lugar onde estaria se a luz tivesse corrido em linha reta – percebemos então o objeto mais alto do que realmente é.

Fata Morganas confundem as pessoas e brincam com as mentes humanas durante séculos. O fenômeno ganhou esse nome por causa de Morgan le Fay, uma feiticeira poderosa dos contos do rei Arthur. Acredita-se que elas são a explicação por trás do lendário navio fantasma Holandês Voador e histórias de castelos flutuantes que atraíam marinheiros para a morte. [IFLScience]

Comentários
Carregando...