Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

O elemento 117 foi nomeado oficialmente “Tennessine”

No início do ano passado, anunciou-se que quatro elementos novos foram descobertos, ocupando as posições 113, 115, 117 e 118 na Tabela Periódica. Embora tenham sido dados nomes provisórios, chegou a hora para algumas declarações oficiais, e 117 é agora conhecido como “tennessine” (em português “tenessínio”).

Para os que ainda não fizeram a conexão, este elemento é nomeado em homenagem ao Estado estadunidense do Tennessee, onde fica o Oak Ridge National Laboratory (ORNL), onde foi originalmente criado.

A descoberta também honra a Universidade Vanderbilt, a Universidade do Tennessee, o Laboratório Nacional Lawrence Livermore (Califórnia) e o Instituto Conjunto da Rússia para Pesquisa Nuclear, todos os quais contribuíram para sua descoberta.

“A descoberta histórica do tennessine é um exemplo das contribuições que instituições como o Oak Ridge National Laboratory, a Universidade do Tennessee e a Universidade de Vanderbilt fazem para um mundo melhor”, disse Bill Haslam, governador do Tennessee em um comunicado. “Em nome de todo o povo do Tennessee agradecemos a este corpo mundial por honrar o nosso estado desta forma.”

O corpo mundial neste caso refere-se à União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), o grupo responsável por, entre outras coisas, validar a existência de novos elementos e confirmar seus nomes. Tennessine foi originalmente descoberto em 2010, mas só foi oficialmente confirmado como fisicamente real nos últimos dias de 2015.

O novo elemento tomará o símbolo memorável e sensível Ts.

Ts é um elemento super-pesado, um tipo que não ocorre na natureza. Ao expor um determinado isótopo – uma variante de outro elemento que tem o mesmo número de prótons, mas números diferentes de nêutrons – para um feixe de outro, os pesquisadores descobriram que em ocasiões muito raras, dois núcleos pesados se combinam para formar Ts.

Neste caso, cálcio-48 e berquélio-249 foram utilizados para produzir tenessínio. É um halogênio, como cloro e flúor. Ao contrário destes, no entanto, Ts é incrivelmente instável e só existe por frações de um segundo de cada vez.

Embora Ts não seja tão útil em si, faz parte de um desejo de encontrar elementos anteriormente não descobertos que são estranhamente estáveis. Essas descobertas podem abrir novos caminhos para as possibilidades de engenharia que os cientistas ainda não imaginaram.

Comentários
Carregando...