O ano em que a Terra parou. Uma seleção de fotos que jamais imaginaríamos ver

Há meses atrás, ninguém poderia sequer imaginar ver o mundo como está hoje. Se um vírus tivesse o tamanho de uma bola de golfe, um ser humano teria centenas de quilômetros de altura. E é assustador pensar que algo tão pequeno foi capaz de confinar bilhões de pessoas em suas casas.

Nem mesmo as maiores potências do mundo foram páreas para o coronavírus, que não faz distinção entre ricos e pobres. Ele se espalha, mais do que o suficiente para o perdermos de controle e ele colapsar até mesmo complexos sistema de saúde em lugares que teimam em resistir à ameaça invisível.

E foi assim, sem que tivéssemos muito tempo para pensar e agir, que uma pandemia se espalhou como nunca visto antes na história, com a ajuda do próprio mundo globalizado que coloca cidades espalhadas por milhares de quilômetros a poucas horas uma da outra.

E esse é o resultado de uma humanidade recolhida. Como essas fotos mostram, cidades que até outro dia levavam uma vida normal, que hoje se torna um realidade distante.

O mundo como o conhecemos mudou. E não vai voltar tão cedo a ser o que era.

Moscou, Rússia

VNUKOVO, REGIÃO DE MOSCOU, RÚSSIA – 13 DE ABRIL DE 2020: Aviões Boeing 767-300 da Azur Air Airlines recolhidos no aeroporto internacional de Vnukovo.

Estados Unidos

Aviões da companhia aérea norte-americana American também estão em solo.

Milão, Itália

Times Square, Nova York, Estados Unidos

São Paulo, Brasil

São Paulo, Brasil

Lisboa, Portugal

Paris, França

Madrid, Espanha

Roma, Itália

Rio de Janeiro, Brasil

Istambul, Turquia

Lopburi, Tailândia

Praga, República Theca

Buenos Aires, Argentina

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.