Nova localização apontada por pesquisadores revelam 99% de chances de encontrar Atlântida

O mito da Atlântida, o continente perdido, possivelmente tornou-se realidade: parece haver um continente histórico de muitos anos de idade (muitos mesmo) encontrado debaixo d’água.

A Ilha Maurício é o foco de geólogos e cientistas, bem como debaixo de seus 2.040 quilômetros  – que possivelmente escondem este território misterioso.

O que chama a atenção desta ilha é a sua forte atração gravitacional: o movimento da crosta terrestre teria originado uma massa de terra completamente imprópria para construções e afundou, mas a ilha conseguiu se levantar novamente. Ou seja, faz parte deste continente desconhecido e também pode provar que este é o local onde Atlântida deveria estar.

Esta teoria já existe há alguns anos, graças aos avanços de Lewis Lewis Ashwal geocientista da Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo (2013), que agora continua a estudar o fato junto a Nature Communications.

Cena do filme Atlantis, da Disney

O que mais sabemos sobre a Ilhas Maurício, então? (O apenas Maurício, como vamos chamar a partir de agora). É apenas uma ilha nova, uma verdadeira criança: Mauricio tem oito milhões de anos, a escala geológica que designa a infância. Há também teorias de origem: 200 milhões de anos atrás a Pangeia, o antigo super-continente quebrou e todos os pedaços de terra afundou debaixo de água…  então, pela ação de vulcões submarinos Maurício haveria nascido.

O continente desapareceu debaixo d’água e teria sido “perdido para sempre”, mas as peças do mineral zircão revelam outra história acerca da idade da Ilha.

Talvez Maurício seja um local promissor para próximas investigações e expedições que devem se iniciar em busca de Atlântida.

Comentários
Carregando...