Noiva chega ao casamento em um carrinho de mão feito pelo noivo. Não existe “limousine” que supere o amor

O humilde casal mostrou que não é preciso gastar milhões para uma grande festa. No mais simples, mas sincero, há também o mais bonito.

Quando começamos a planejar um casamento, parece que o mundo está se fechando sobre nós, são tantos gastos e fatores a considerar que só de começar a imaginar já dá vontade de se arrepender. No entanto, não temos que nos preocupar muito com o que eles vão dizer, mas sim com o que nos enche o coração e nos deixa felizes.

Se nos faz feliz, os nossos convidados também devem gostar, se não, talvez deva encurtar um pouco mais a sua lista e não brindar a quem só vai criticar. Como Soko Sam, um humilde jovem queniano que decidiu levar sua noiva (Miriam Christina) até o altar em um carrinho de mão.

Boniface Mwangi

O homem dirigiu pelas ruas de Nairobi com um sorriso e sua futura esposa nas costas. Chegaram ao jardim, trocaram votos e comemoraram de forma bem romântica sem ‘jogar a casa pela janela’, pelo menos em termos de mobilização.

Eles também economizaram na decoração, usando cenografia e montando o local com painéis pintados à mão que Sokko usa para trabalhar como cineasta independente.

Boniface Mwangi

Vale ressaltar que apesar da economia não deixou de ser lindo. Ambos ficaram muito elegantes em branco com leves detalhes em amarelo para dar um tom mais animado a comemoração, um sucesso total.

Boniface Mwangi

Um exemplo de que é mais grave ter limites criativos do que econômicos. Com pouco você pode fazer muito desde que a intenção seja clara e você mantenha uma boa disposição. Parabéns aos noivos, não tenho dúvidas que vão durar muito tempo juntos.

Boniface Mwangi
buy metformin metformin online