fbpx

No Chile, construíram casas térmicas para os cães abandonados não morrerem de frio

No Sul da América do Sul o frio não tem misericórdia e são os filhotes inocentes que sofrem mais, ficando sozinhos na rua e sem mais proteção do que seus pelos. Eles não podem falar e expressar muito bem como eles se sentem, e é por isso que é nosso dever garantir que fazemos todo o possível para mantê-los seguros.

É assim que uma pessoa que mora em Santiago, no Chile, resolveu anonimamente construir casas térmicas para proteger esses pequenos quadrúpedes do frio inverno chileno.

Facebook/ Clau MediDomi‎

Durante o inverno no Chile, temperaturas abaixo de zero podem ser registradas, e muitos animais abandonados podem morrer. Há pessoas que vestem casacos e suéteres nos animais, mas infelizmente muitas vezes não é suficiente.

O esforço é notável porque as caixas de papelão são cobertas com sacos pretos para evitar que se molhem, e também tem almofadas e cobertores suficientes no interior para que possam ficar confortáveis e quentes. Na parte superior há um material térmico e reflexivo para que durante o dia não fique quente por dentro.

É difícil não ficar sensibilizado com tal ato de bondade: dar sem esperar nada em troca e é o maior sinal de amor que existe neste mundo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.