NASA atualiza missão para capturar asteroide no valor de US$ 10.000.000.000.000.000.000

por Lucas Rabello
0 comentário 2,1K visualizações

A NASA está em uma missão para capturar um asteroide no valor impressionante de 10.000 quatrilhões de dólares. São muitos zeros. No ano passado, a agência espacial anunciou que estava indo atrás de uma rocha distante chamada 16 Psyche. E não é qualquer rocha espacial – 16 Psyche está carregada de metais preciosos como ouro, ferro e níquel. Um verdadeiro baú de tesouros cósmicos.

Equipes de engenheiros e técnicos estão trabalhando quase sem parar para preparar o orbitador para sua épica jornada de 4 bilhões de quilômetros até este asteroide rico em metais. O objetivo da NASA é aprender mais sobre os núcleos planetários e como os planetas se formam. Em uma declaração de julho de 2023, a NASA disse: “Equipes de engenheiros e técnicos estão trabalhando quase sem parar para garantir que o orbitador esteja pronto para viajar 4 bilhões de quilômetros até um asteroide rico em metais que pode nos dizer mais sobre núcleos planetários e como os planetas se formam.”

A espaçonave decolou do Centro Espacial Kennedy da NASA em Cabo Canaveral, Flórida, em 13 de outubro de 2023. Está viajando pelo espaço, cobrindo 3,5 bilhões de quilômetros a uma velocidade de cerca de 135.000 km/h. O destino? Agosto de 2029.

Agora, a espaçonave está em modo de ‘cruzeiro total’, usando o que a NASA chama de propulsores dignos de ficção científica que expelirão íons de xenônio, fazendo o orbitador ir em direção ao cinturão de asteroides. Os propulsores funcionam expelindo átomos carregados, ou íons, de xenônio, emitindo um brilho azul brilhante que segue a espaçonave.

Esses íons criam empuxo, permitindo que a espaçonave eventualmente acelere até 200.000 km/h. Uma vez que atinja o asteroide, passará dois anos orbitando esse gigante rochoso, coletando dados cruciais. Mas a aventura não para por aí. Em maio de 2026, a espaçonave está programada para passar por Marte para uma assistência gravitacional. Essa manobra dará o impulso extra necessário para seguir diretamente para seu destino final. A missão deve ser concluída em novembro de 2031.

Vamos falar de tamanho. 16 Psyche é um colosso. Mede 280 km de largura e 232 km de comprimento, com uma área de superfície impressionante de 165.800 quilômetros quadrados. Foi esse tamanho enorme que chamou a atenção da NASA. Nicola Fox, administradora associada do diretório de missões científicas da NASA, explicou: “Psyche é de longe o maior, e é por isso que queremos ir até ele. Porque os menores são mais propensos a terem sido alterados por impactos, enquanto o grande, acreditamos, estará completamente inalterado.”

Agora, se você está sonhando com a NASA trazendo essa mina de ouro espacial de volta à Terra e nos transformando em bilionários, pense novamente. Mesmo se fosse possível, despejar tanta riqueza na economia seria um desastre. Imagine todo mundo ganhando o prêmio da loteria ao mesmo tempo. O dinheiro passaria a valar nada, literalmente, e no fim, todos ficaríamos (ainda mais) pobres, apenas com uma quantidade absurda de papeis de dinheiro que valem tanto com um punhado de areia.

Então, enquanto a ideia de um asteroide de 10.000 quatrilhões de dólares é emocionante, o verdadeiro tesouro é o conhecimento científico que ganharemos com essa missão. A missão Psyche da NASA é um passo ousado rumo ao desconhecido, prometendo descobertas que podem mudar nossa compreensão do universo.

Inscreva-se no canal Mistérios do Mundo no YouTube

Deixar um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Mistérios do Mundo 2024 © Todos os direitos reservados