Não foram OVNIs: Dezenas de satélites iluminaram o céu brasileiro na noite desse domingo

Você olhou para o céu e notou uma série de objetos enfileirados e se movendo de forma sincronizada? 2020 está sendo um ano insano, com a pandemia de coronavírus mudando a vida de todo mundo, mas os alienígenas ainda não chegaram para completar o caos.

Os pontos luminosos são satélites Starlink, lançados pela empresa espacial SpaceX, do bilionário Elon Musk, também CEO da marca de veículos elétricos Tesla. Já são mais de 420 objetos lançados, e o projeto prevê 42 mil até o ano que vem. O objetivo de Musk é prover internet banda larga de alta velocidade e baixa latência para qualquer lugar do planeta, sobretudo em regiões carentes desse tipo de acesso.

No twitter, Musk voltou a destacar as intenções da empresa de ter um serviço funcioanando já esse ano, acrescentando ainda que os testes públicos devem começar em 6 meses.

Justamente por chamarem tanta atenção no céu noturno, os satélites tem sido alvo de controvérsias entre os astrônomos. Acontece que os objetos são altamente reflexivos, e acabam prejudicando a observação de corpos celestes.

Agora que você já sabe o que são esses montes de pontinhos de luz se movendo em alta velocidade, mantenha a calma, pois não são objetos de outro mundo.

você pode gostar também
1 comentário
  1. Mateus Diz

    agora nem a liberdade de olhar para o céu a noite a gente tem, poluição espacial é outro nível.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.