Pular para o conteúdo
Mulher perde mais de R$ 150 mil para 'astronauta' golpista que queria dinheiro para voltar para casa

Mulher perde mais de R$ 160 mil para ‘astronauta’ golpista que queria dinheiro para voltar para casa

Um golpista virtual criou uma nova reviravolta em um antigo golpe, fingindo ser um astronauta que precisa de dinheiro para voltar para casa na Terra. O golpe recentemente conseguiu enganar uma mulher que mora no Japão, que teria enviado 4,4 milhões de ienes (aproximadamente R$ 160.000) para o criminoso desconhecido, segundo informações do G1.

Segundo relatos, o golpista contatou pela primeira vez a mulher de 65 anos, cujo nome não foi revelado, via Instagram em junho de 2022. A dupla então começou a se comunicar por meio do aplicativo de mensagens japonês Line, onde o golpista alegou estar trabalhando no Estação Espacial Internacional como astronauta.

Ele expressou o desejo de começar uma nova vida no Japão e declarou seu amor pela vítima inocente, alegando que se casaria com ela ao retornar à Terra.

Astronauta

NASA

O golpista teria enviado mensagens para a vítima dizendo: “Quero começar minha vida no Japão” e “Dizer isso 1.000 vezes não será suficiente, mas continuarei dizendo. Eu te amo.” No entanto, como as histórias de amor costumam fazer, as coisas rapidamente se complicaram.

O golpista alegou que precisava de uma “taxa de pouso” para voltar para casa e começar uma nova vida no Japão. Entre 19 de agosto e 5 de setembro, a vítima enviou ao golpista um total de 4,4 milhões de ienes por meio de cinco transferências bancárias separadas.

Quando o golpista continuou pedindo dinheiro, a vítima ficou desconfiada e resolveu consultar a polícia. A Delegacia de Polícia de Higashi-Omi está investigando o crime.

Pode parecer inacreditável que alguém caia em tal golpe, mas, infelizmente, esse tipo de golpe não é novo. Em 2016, circulava um golpe por e-mail no qual alguém fingia ser primo do primeiro astronauta da Nigéria, Abacha Tunde. O golpista alegou que Tunde havia sido deixado a bordo de uma estação espacial soviética quando a União Soviética se dissolveu e precisava de dinheiro para retornar à Terra e liberar seus fundos.

O golpista afirmou que Tunde ainda estava sendo pago por seus anos de serviço, totalizando mais de $ 15 milhões, mas exigia uma grande soma de dinheiro para retornar à Terra e liberar os fundos. Se a vítima estivesse disposta a pagar US$ 3 milhões, ela poderia obter 20% da fortuna do astronauta.

Desnecessário dizer que era uma farsa. Abacha Tunde não existe (pelo menos ele certamente não é um explorador espacial perdido) e nunca houve astronautas nigerianos.

É importante lembrar que se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente é. Nesse caso, se você receber uma mensagem de um astronauta atraente que precisa de sua ajuda para retornar à Terra, é seguro assumir que é uma farsa.