Mulher muçulmana comemora a vitória de sua equipe sozinha. Só o marido poderia chegar perto

A saudita ficou feliz depois que seu país venceu a favorita Argentina na estreia na Copa do Mundo do Catar 2022. No entanto, ela teve que comemorar sem ninguém por perto.

Na última terça-feira, 22 de novembro, o mundo do futebol viveu um dia inesquecível depois que a Arábia Saudita derrotou a Argentina por 2 gols a 1, na estreia das duas seleções na Copa do Mundo de 2022 no Catar .

Após este resultado inesperado, muitas emoções foram vividas por ambos os lados. Por um lado, os argentinos ficaram arrasados ​​porque nunca imaginaram que poderiam perder esta partida. Enquanto isso, os torcedores árabes comemoravam como se tivessem conquistado a Copa do Mundo, pois para eles foi um feito histórico.

Por isso, neste país árabe, diferentes formas de celebração foram observadas após o término do encontro, algumas mais peculiares do que outras. Foi uma em especial que viralizou na internet em questão de minutos devido ao seu formato peculiar.

Trata-se de uma mulher saudita que foi vista comemorando o triunfo de seu país nas ruas, mas o fez sozinha e sem ninguém ao seu redor porque devido aos regulamentos conservadores daquela nação, apenas seu marido poderia estar perto dela.

Este vídeo rapidamente percorreu a internet e muitos questionaram se isso era correto ou se era uma injustiça. Embora esse tipo de medida faça parte das tradições desses regimes conservadores, há quem pense que não deveria ser assim.

O vídeo foi compartilhado pelo narrador esportivo mexicano Xavi Sol , que tentou buscar o lado positivo da situação, pois afinal, a mulher vivia uma alegria tremenda como qualquer outra cidadã de seu país.

“Como é bonito o futebol! Mulher muçulmana se vê sozinha na Fan Fest, após a vitória da Arábia Saudita ela pega a bandeira e se deixa levar pelo momento. Não há ninguém para abraçar, mas à sua maneira denota muita felicidade!”, escreveu Sol na publicação em sua conta no Twitter .

buy metformin metformin online