Pular para o conteúdo
Mulher defende decisão de dar carne para menina que tem dieta vegana rigorosa

Mulher defende decisão de dar carne para menina que tem dieta vegana rigorosa: “Ela estava desnutrida”

A mulher assegurou que a menina de 12 anos, que é filha de uma amiga, é muito mais baixa e pálida do que deveria ser para a sua idade, pelo que sempre que vai para casa a alimenta “bem”.

Através do Reddit, um intenso debate moral foi gerado depois que uma mulher garantiu que quando sua filha convida uma de suas amigas para sua casa, ela lhe dá pratos fartos de carne, apesar de ter uma dieta vegana rigorosa imposta pelos seus pais.

A mulher, que não revelou sua identidade, indicou que a menina de 12 anos sempre seguiu esse estilo de vida em que não se consomem produtos de origem animal, mas isso a torna muito menor e pálida quando ela compara com a própria filha.

“Eu acho que provavelmente está ligado à dieta da família. Os pais dela são boas pessoas, embora um pouco neuróticos” , disse, antes de começar a contar que tipo de pratos lhe dá quando a menina vai vem para a sua casa.

“No fim de semana passado, fiz alguns cheeseburgers e um bife grelhado com um copo grande de leite. Ela adora e sempre pede educadamente por mais (o que eu forneço com prazer)”, disse ela.

“Para o café da manhã, costumo fazer um grande prato de ovos mexidos e bacon, novamente com um copo grande de leite. Apesar de seu tamanho, ela sempre devora tudo o que faço. E devo dizer, toda vez que ela sai, ela parece ter um brilho saudável” , acrescentou a mulher no post polêmico.

Tudo para depois dizer que é provável que ela não devesse dar a carne às escondidas dos pais , mas que praticamente tudo se justificava pelo fato da menina estar “um pouco desnutrida”.

Vários usuários se manifestaram contra sua decisão, deixando mensagens como “Você não é médica. Esta não é a escolha deles”, “Abandonar as escolhas alimentares dos pais fará mais mal do que bem” e “Não cabe a você decidir como outra pessoa criará seus filhos. Se você acha que há um problema, fale com eles.”