Mãe afirma que não lhe dão emprego por ter seu rosto e corpo cobertos de tatuagens: “Eles não me aceitam”

“Se alguém me oferecesse um emprego amanhã, eu iria trabalhar, aceitaria essa oferta”, disse Melissa Sloan, onde também disse que essa arte a ajuda a lidar com as lembranças horríveis de sua infância, quando foi vítima de abuso.

Existem milhares de formas de nos expressarmos e uma delas são as tatuagens. Essa arte pode ser muito mais do que estilo e cores na pele, pois com seus desenhos ela fala da personalidade de cada pessoa, e até tem uma história para contar.

No entanto, para outros são algo nocivo, principalmente em situações que exigem alguma seriedade e isso é algo que Melissa Sloan conhece. Ela é uma mulher de 45 anos que cobriu quase todo o corpo com tatuagens.

Mãe de sete filhos, Melissa mora em Powys, País de Gales, onde é conhecida por ter tatuagens “estilo prisão”, pois tem o rosto totalmente tatuado e grande parte do corpo. Um estilo que nem todo mundo gosta e é algo com o qual ela aprendeu a lidar.

“As pessoas me chamam de ‘Melissa louca’, mas eu me sinto como Melissa, é quem eu sou. Se você não gosta, não precisa olhar para mim, eu não escuto. Existem algumas pessoas críticas por aí, elas te julgam pelo que for. As pessoas olham para mim, você se acostuma”, disse ela ao Mirror.

Ela fez sua primeira tatuagem aos 20 anos. Ela usa rosas e corações por todo o rosto. Uma arte que foi incompreendida porque ela alega que isso a impede de encontrar um emprego.

“Eu me candidatei a um emprego de limpeza de banheiros onde moro e eles não me aceitam por causa das minhas tatuagens” , disse ao Daily Star. “Mas, se alguém me oferecesse qualquer emprego amanhã, eu iria trabalhar, aceitaria essa oferta. Eu esperava isso na vida, não consigo me encaixar com as pessoas porque gosto de ser eu mesma e sempre serei eu mesma” , acrescentou.

E é que as tatuagens significam muito para ela, pois a ajudam a deixar para trás as lembranças horríveis que seu meio-irmão deixou depois de ter abusado dela desde pequena até os 16 anos.

“Minhas tatuagens me ajudam a cobrir as cicatrizes emocionais que Gavin deixou”, disse Melissa ao Daily Star. “Elas são minha máscara e eu me escondo do mundo atrás delas. Mas agora que ele finalmente está na cadeia, posso começar a me sentir livre.”

Gavin Sloan, de 46 anos, foi condenado a 21 anos de prisão por uma série de agressões sexuais a crianças ocorridas recentemente, mas não no caso de Melissa , que garante que fez a denúncia na época, mas que “não foi devidamente investigado”.

“Sofri toda a minha vida por causa do abuso. Meu corpo inteiro está coberto de tatuagens e é minha maneira de lidar com o trauma do abuso infantil. Eu tento apagar as memórias me cobrindo com tatuagens” , disse ela.

Ainda assim, Melissa está feliz por seu meio-irmão estar pagando pelo mal que fez a mais crianças, enquanto espera que mais pessoas entendam sua história e a aceitem por quem ela é.

buy metformin metformin online