Misterioso monólito de 10 mil anos é descoberto sob o oceano

Um monólito submerso feito pelo homem com 12 metros de comprimento foi descoberto no Canal da Sicília entre a Tunísia e Sicília, e acredita-se ter pelo menos 10.000 anos.

Pesando aproximadamente 15 toneladas, a grande estrutura foi encontrada a 40 metros abaixo da superfície em uma área que milhares de anos atrás não estava completamente submersa pelo mar. Tal estrutura sugere não só havia atividade humana sobre a Pantelleria Vecchia Bank, mas também era organizada e havia cooperação qualificada.

Captura de Tela 2015-08-13 às 14.56.41

Encontrado por um grupo de pesquisadores que levantavam a topografia da área, a extensa análise do monólito sugere que a estrutura, um pedaço de calcário, foi cortada como um único pedaço de rocha – apesar de agora estar no fundo do mar em duas peças.

A Pantelleria Vecchia Bank não foi engolida pelo mar até cerca de 9.350 anos atrás. Pensa-se que a maré crescente forçou os moradores da Idade da Pedra a mover o acampamento e abandonar o local.

Monolitp

Os pesquisadores estão atualmente incertos a respeito do propósito e significado do monólito, mas a descoberta fornece evidências surpreendentes da atividade humana Mesolítica na região.

“A descoberta do local submerso no Canal da Sicília pode expandir significativamente o nosso conhecimento das primeiras civilizações na bacia do Mediterrâneo e os nossos pontos de vista sobre a inovação e o desenvolvimento tecnológico alcançado pelos habitantes do Mesolítico”, escrevem os pesquisadores. “O monólito encontrado, feito de um único bloco grande, exigiu um corte, extração, transporte e instalação, o que, sem dúvida, revela habilidades técnicas importantes e de grande engenharia.” [io9]

Veja também: Mais do autor

Comentários

Carregando...