Mergulhadores continuam entrando no Poço de Jacó – mas nem sempre saem

O Poço de Jacó fica no centro do Texas, nos arredores da cidade de Wimberley. Embora possa parecer um buraco gigante à primeira vista, é na verdade a boca de um sistema de cavernas subaquáticas que pode levar mergulhadores ousados a mais de 40 metros abaixo da superfície da Terra.

Esta fascinante formação natural atraiu centenas de pessoas, algumas das quais perderam a vida ousando explorar suas profundezas escuras.

Dentro da área natural do Poço de Jacó

Um nadador perto da nascente na área natural do Poço de Jacó | Wikimedia

O Poço de Jacó é uma fonte que flui para a superfície da Terra através de uma abertura de 3 metros de largura no leito do riacho de Cypress Creek, no Texas Hill Country.

O Poço de Jacó é o que é conhecido como uma fonte cárstica: uma que é encontrada no final de um sistema de cavernas, tornando-se uma abertura privilegiada para entrar nessas cavernas subaquáticas.

Essas cavernas tornam fontes cársticas como a do Poço de Jacó lugares bastante interessantes, embora perigosos, para explorar.

Com a água fluindo continuamente para o Poço a partir do Aquífero Trinity circundante a uma temperatura consistente de cerca de 20 graus durante todo o ano, é um local popular para moradores e turistas que querem se refrescar do calor do Texas.

Mas a verdadeira atração do Poço de Jacó é uma grande abertura misteriosa que leva às profundezas abaixo.

Shutterstock

Os caçadores de emoções saltam para a abertura a partir das rochas acima, mas é preciso ser um verdadeiro temerário para mergulhar no poço de Jacó. A caverna desce verticalmente por 9 metros, mas isso é apenas o que você pode ver da superfície.

O túnel então vira em um ângulo e continua para baixo por mais cerca de 30 metros. E não para por aí.

O Projeto de Exploração do Poço de Jacó

O poço de Jacó tem sido explorado por mergulhadores desde o início do século 20. Há até relatos de mergulhadores na década de 1930 tentando usar um balde e uma mangueira de borracha para criar um capacete de mergulho improvisado.

No entanto, não foi até 2000 que mergulhares profissionais com equipamento adequados começaram a explorar as cavernas.

Seus esforços culminaram em 2007 com a criação do Projeto de Exploração do Poço de Jacó. O objetivo do projeto era simples, mas ambicioso: mapear toda a rede de cavernas.

O projeto revelou que a passagem central do Poço de Jacó eventualmente se divide em dois túneis principais. Um desses ramos se estende por surpreendentes 1300 metros de distância em uma direção e o outro diverge 450 metros.

À medida que os túneis serpenteiam em ambas direções, a profundidade média do Poço permanece em torno de 36 metros, mas atinge até 41 metros em seu ponto mais profundo.

Wikimedia

Os perigos das cavernas subaquáticas

Combinado com a temperatura e visibilidade ideais da água, a profundidade e o extenso sistema de cavernas tornaram o Poço de Jacó uma atração popular para mergulho. Em particular, o lugar é o favorito entre os mergulhadores livres – pessoas que mergulham prendendo a respiração e não usam nenhum equipamento.

Alguns mergulhadores teriam descido até 30 metros no poço de Jacó. Esse tipo de mergulho é compreensivelmente perigoso, especialmente em uma área onde é fácil ficar preso ou se perder.

A caverna abaixo é difícil de manobrar, com muitas curvas e ângulos agudos que dificultam a navegação. Além disso, as aberturas das cavernas são estreitas, o que facilita para os mergulhadores e seus equipamentos ficarem presos.

Algumas das cavernas mais profundas do poço têm aberturas tão estreitas que você precisa remover seu tanque de oxigênio para entrar.

Como resultado desses perigos, as cavernas sob o Poço de Jacó ceifaram a vida de vários mergulhadores desde o início dos anos 1900. Apesar disso, continua a atrair novos aventureiros todos os anos.

Diego Adame: O mergulhador livre que explorou as profundezas do poço de Jacó

Um quase encontro recente com a morte no Poço de Jacó aconteceu em 2015, quando Diego Adame, de 21 anos, tentou mergulhar na caverna.

O caçador de emoções texano capturou toda a provação assustadora em vídeo:

O vídeo mostra Adame mergulhando no poço de Jacó sem nenhum oxigênio suplementar. Depois de chegar ao fundo da abertura inicial, ele perde uma de suas nadadeiras quando ela escorrega de seu pé a cerca de 30 metros abaixo da superfície.

Perder uma nadadeira pode tornar muito difícil nadar de volta à superfície, e alguns mergulhadores nessa mesma situação desmaiaram ao tentar. Adame reage virando-se imediatamente.

Infelizmente, para piorar a situação, ele perde sua lanterna enquanto se apoiava nas paredes da caverna. “Por uma fração de segundo, pensei na morte e em mim mesmo morrendo naquele dia”, lembrou ele mais tarde.

Por sorte, Adame não entrou em pânico e manteve sua respiração controlada, não esgotando o precioso oxigênio. Ele imediatamente cortou seu cinto de suprimentos para eliminar o peso extra e rapidamente voltou à superfície antes de ficar sem ar.

Apesar da experiência de quase morte, o entusiasmo de Adame por mergulhos arriscados permaneceu. “Não tenho planos de parar de mergulhar tão cedo”, disse ele logo depois, “e estarei de volta no Poço de Jacó no final deste verão”.

Histórias como essas destacam o perigo contínuo de mergulhar no Poço de Jacó.

Fatalidades no Poço de Jacó

Infelizmente, outros mergulhadores não tiveram a mesma sorte de Adame. Há relatos de pelo menos uma dúzia de mortes que ocorreram no Poço ao longo dos anos, fazendo ele ganhar a reputação de um dos pontos de mergulho mais perigosos do mundo.

E por causa da profundidade do Poço, alguns restos mortais não são recuperados há anos. Por exemplo, o corpo de Kent Maupin, um mergulhador que desceu às cavernas em 1979, só foi descoberto duas décadas depois, quando os mergulhadores encontraram seus restos mortais durante uma expedição de mapeamento.

Mas, apesar dos perigos conhecidos, o Poço de Jacó continua sendo um local de mergulho popular. Não veremos isso mudar tão cedo, pois muitas pessoas preferem mergulhar precisamente por causa da emoção associada ao perigo.

buy metformin metformin online