Pular para o conteúdo

Manifestante invade gramado de jogo entre Portugal e Uruguai

O manifestante correu para o campo a partir das arquibancadas momentos antes de Bruno Fernandes colocar Portugal à frente no confronto do Grupo H da Copa do Mundo (embora Cristiano Ronaldo possa contestar quem deu o toque final).

As câmeras não mostraram o indivíduo na hora, mas foi possível ver que ele carregava uma bandeira do arco-íris, símbolo que é proibido no Catar.

Manifestande invade gramado de jogo entre Portugal e Uruguai

Fotos surgiram depois mostrando que o homem também usava uma camiseta azul com o logotipo ‘Superman’ com as palavras ‘Salve a Ucrânia’ escritas nela.

E nas costas tinha ‘Respeito pelas mulheres iranianas’.

Após o pequeno atraso no jogo, que Portugal venceu por 2-0, os seguranças do estádio o capturaram.

Mistérios do Mundo Mistérios do Mundo Mistérios do Mundo Mistérios do Mundo

Veja o momento em vídeo:

O manifestante é Mario Ferri, da Itália, segundo o The Guardian. Ele também correu para o campo para protestar durante um jogo da Copa do Mundo de 2014.

A homossexualidade no Catar é ilegal e punível com até três anos de prisão. A Fifa ameaçou retaliar times que pretendem usar braçadeiras “OneLove” com as cores do arco-íris durante a Copa do Mundo.

Este é um ato incrivelmente corajoso, dado o tipo de punição que ele pode enfrentar no Catar. As pessoas sempre encontram uma maneira de defender aquilo em que acreditam.