Malé, a incrível cidade no meio do oceano

Versão em vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=zrMtDBQRlDg

Versão em texto:

Com aproximadamente 142 mil habitantes, esse território peculiar já foi colônia portuguesa, holandesa e britânica, sendo que em 1965 conquistou sua independência.

As Ilhas Maldivas compõem um arquipélago próximo ao Sri Lanka e à Índia, e esse arquipélago consiste em 1196 ilhas espalhadas pelo Oceano Índico, sendo que 203 delas são habitadas.

Malé é a capital, e não deixa nada a desejar quando o assunto é beleza: ela conta com uma estrutura moderna, repleta de edifícios, clubes, centros comerciais e atrações para quase todos os gostos.

Shutterstock

Esse lugar é considerado um destino de luxo para muitos: as pessoas que viajam para cá podem usufruir da tranquilidade e da paz ao relaxar à beira mar durante o ano todo, pois o clima é predominantemente quente e úmido – as temperaturas vão de 26 a 30 graus, o que proporciona um ambiente perfeito para o banho de mar – tanto de dia como de noite, a água é sempre convidativa!

A água morna e limpa faz muitas pessoas se aventurarem aos mergulhos guiados, a fim de vislumbrarem a beleza dos corais e peixes que compõem a fauna marinha.

Quem adora esportes radicais aquáticos, verá que Malé é também um prato cheio de atrações.

Shutterstock

O turismo é tão forte aqui que mais de 90% de tudo que o governo arrecada vem de impostos cobrados sobre direitos de importação e também da atividade turística. E o local vive sempre cheio de gente: além dos turistas, você sabia que a ilha é tão urbanizada que foi considerada a cidade mais densamente povoada do mundo? É isso mesmo: um local densamente povoado é um lugar com muitos habitantes por metro quadrado e essa cidade é a campeã mundial nesse quesito.

Sua história também é um prato cheio para quem aprecia diversidade. Um milhão de anos antes dos dinossauros desaparecerem, a placa tectônica índica derivou para o norte e isso abriu um corte na crosta terrestre. Assim, uma crista de picos vulcânicos surgiu e, com o tempo, eles erodiram para formar os atóis incrustados de corais das Maldivas.

Como pontos onde água e terra se encontram e a vida floresce, cada ilha tem lindos bancos de areia sobre corais vivos, que crescem e encolhem, sobem e descem, tudo de acordo com as correntes oceânicas. O resultado é uma paisagem única, que faz os visitantes quererem passear de barco entre uma ilha e outra para se surpreenderem a cada volta!

Shutterstock

A capital é tão pequena que quase nem circulam carros por lá. Até têm alguns. Mas, a maioria anda de bicicleta, moto ou mesmo a pé. Afinal, a ilhota que concentra o centro político e comercial do cobiçadíssimo arquipélago tem somente 2 quilômetros quadrados de extensão.

Os primeiros habitantes das Maldivas foram budistas e, em 1153, os muçulmanos invadiram o arquipélago. Por esse motivo, a religião oficial é o islamismo, e não se pode usar biquini nas praias, somente em áreas muito restritas.

Como regra geral, somente bermudas para os homens e saídas de banho para as mulheres são permitidos. Bebidas alcóolicas também são proibidas e, caso você queira entrar no país portando algo com teor alcóolico… bem, você terá grandes problemas! A fiscalização aduaneira também não permite que se entre portando algum alimento que contenha carne de porco ou qualquer artigo religioso que não seja islâmico.

Anos mais tarde, o arquipélago passou pelas mãos de portugueses, holandeses e ingleses, sendo que em 1953 houve o primeiro movimento de independência, na tentativa de estabelecer uma república. Porém, foi apenas em 1968 que o sultanato caiu, sendo Malé a capital do arquipélago.

Além do extremismo religioso, as Maldivas enfrentam outro problema. O país deve ser o primeiro a afundar por completo.

Malé está apenas 2 metros acima do nível do mar e, em dezembro de 2004, a cidade foi golpeada por um tsunami que se estendeu pelo Índico. E além disso, a gradual elevação marítima traz um risco enorme da cidade ficar alagada nas próximas décadas

Uma triste forma de saber que nem tudo o que é lindo dura para sempre, não é mesmo? Então, caso esse seja seu destino dos sonhos, é bom já se programar e fazer a sua viagem para acumular boas memórias nesse paraíso inigualável!

buy metformin metformin online