Jovem engoliu fone de ouvido da Apple, e ele continuou funcionando

Um jovem em Taiwan engoliu um de seus Apple AirPods sem fio enquanto dormia, mas conseguiu recuperar o fone de ouvido – e descobriu que ainda funcionava após a passagem obscura pelo corpo humano.

Na semana passada, Ben Hsu cochilou e quando acordou percebeu que um de seus AirPods havia desaparecido. Usando o aplicativo Find My iPhone do seu iPhone, ele fez o fone perdido tocar um som para ajudá-lo a encontrá-lo. O som, ele determinou, estava vindo de dentro do estômago.

Hsu, um recrutador da marinha taiwanesa com base na cidade portuária de Kaohsiung, visitou o Hospital Municipal de Kaohsiung, onde os médicos supostamente confirmaram sua suspeita com um raio-x.

Como Hsu não relatou nenhuma dor, o médico assistente prescreveu um laxante, reservando a intervenção cirúrgica para a possibilidade de que a peça não passasse pelos intestinos do paciente.

Estatisticamente, as probabilidades favoreciam Hsu: De acordo com um artigo de 2017 sobre a ingestão de próteses auditivas na Clinical Practice and Cases in Emergency Medicine, “80% dos corpos estranhos passam espontaneamente através do trato gastrointestinal; a intervenção cirúrgica é necessária em apenas 12-16%. A morte é extremamente rara”.

E, de fato, Hsu evacuou o dispositivo no dia seguinte enquanto estava sentado em um vaso sanitário em uma estação de trem.

Chen Chieh-fan, médico do hospital, disse que o invólucro de plástico do AirPod protegeu o corpo de Hsu da bateria; Se a bateria tivesse sido exposta, o médico sugeriu, haveria um risco maior de danos.

Depois de evacuar com sucesso o AirPod do seu reto, Hsu começou a vasculhar seus resíduos para recuperar o fone uma vez branco ?. Ele lavou o dispositivo apesar do conselho da Apple de evitar a água. “Seus AirPods e seu estojo de carga não são à prova d’água, então tome cuidado para não deixar umidade em nenhuma abertura”, afirma a empresa em uma página de suporte do AirPod.

Diz-se que os fones da empresa são bastante tolerantes ao abuso e a suposição é agora apoiada por esse evento. O AirPod recuperado ainda funcionava e tinha 41% de bateria.

O garoto descreveu a experiência como “mágica”. [DailyMail]

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.