A enorme jade de 170 milhões de dólares que foi encontrada no Myanmar

Um pedaço gigantesco de jade, do tamanho de um elefante, foi descoberta no Myanmar em 2016, país do sudeste asiático. A descoberta foi feita em uma mina remota do estado de Kachin, no norte do país. Com 5,8 metros de comprimento, e pesando incríveis 175 toneladas, estima-se que a pedra possa valer mais de 150 milhões de dólares.

“Presumo que seja um presente para o destino dos nossos cidadãos, do governo e do nosso partido, já que foi descoberta na época do nosso governo. É um sinal muito bom para nós”, disse o político local U Tint Soe, na época em que a pedra foi descoberta. O material precioso foi enviado para a China, onde passará por uma série de processos de lapidação até ser transformado em joias e esculturas.

Político do Myanmar posando ao lado da gigantesca pedra preciosa encontrada no país. | SWNS

O termo jade pode ser utilizado para se referir a dois tipos diferentes de rocha metamórfica: jadeíta e nefrita. Acredita-se que esta descoberta seja de uma rocha de jadeíte. Os dois tipos são semelhantes na aparência, e utilizados para fins ornamentais, ainda que tenham uma composição física e química diferente, sendo a jadeíta mais valiosa. É extremamente difícil perceber a diferença entre elas apenas visualmente.

Acredita-se que cerca de 70% da jadeíte do de alta qualidade do mundo inteiro venha do Myanmar. Infelizmente, este comércio multibilionário está envolvido em vários crimes e escândalos de corrupção governamental, bem como casos de destruição ambiental.


Com informações do IFLScience.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.