“Infecção” em olho de mulher era na verdade duas abelhas vivendo dentro dele

Uma mulher de 29 anos chamada He foi ao Hospital Fooyin, em Taiwan, depois de experimentar algumas dores terríveis no olho. Ela pensou que era uma infecção ocular. Ao chegar ao hospital, os médicos inicialmente também pensaram que suas pálpebras inchadas eram os sintomas de uma infecção.

Mas não era.

Como não havia infecção, certamente algo de muito errado estava acontecendo: um exame revelou a dura e cruel realidade da situação do olho da mulher: abelhas se alojaram ali e começaram a se alimentar de seus canais lacrimais. Aposto que você nem sabia que isso era possível.

Você pode estar se perguntando: como diabos isso foi acontecer?

Após descobrir o que causava tanta dor, ela contou que tinha ido ao túmulo de um membro da família falecido para limpá-lo e remover as ervas daninhas que se acumularam ao redor, quando percebeu que algo entrou em seus olhos. Ela assumiu que a dor aguda era o resultado de um pouco de terra ou areia que eventualmente teria entrado. Jamais pensou que havia insetos ali.

O Dr. Hung falou sobre o delicado procedimento de remover os insetos dos olhos de He em uma coletiva de imprensa. “Eu vi algo que parecia com pernas de inseto, então eu as puxei para fora lentamente, e uma de cada vez, sem danificar seus corpos.” Estou feliz que nenhuma abelha tenha sido machucada durante o procedimento.

Hung disse que foi uma sorte He não ter esfregado os olhos excessivamente quando as abelhas estavam dentro do globo ocular, já que isso poderia danificar seriamente seu olho e até mesmo induzir a cegueira.

Este é o primeiro caso de “abelhas no olho” já registrado na história médica. Embora as abelhas muitas vezes pousem em corpos humanos que estão transpirando para se alimentar do suor, é muito improvável que elas entrem nos olhos. A espécie também não é agressiva.

Parece que não é só da Austrália que vem as notícias mais bizarras envolvendo bichos!

Via: CNN

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.