Pular para o conteúdo
Humorista brasileiro diz ter sido detido no Catar

Humorista brasileiro diz ter sido detido no Catar

Fábio Rabin, humorista, compartilhou um vídeo que está viralizando nas redes sociais, onde ele afirma que foi preso no Catar na última segunda-feira (5). Ele foi liberado logo depois.

Ele estava indo para o estádio 974 para assistir ao jogo entre Brasil e Coreia do Sul, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. No vídeo, ele afirma não saber sobre o motivo de sua detenção, mas disse que foi perguntado várias vezes se estava sóbrio.

O vídeo em que Fábio Rabin afirma ter sido detido está circulando nas redes sociais, mas não está mais nos perfis do humorista. Nele, o humorista aparece chorando e xingando as autoridades do país.

“Eu fiquei trancado numa sala com esses caras [policiais], liguei uma live lá. Acho que se não tivesse ligado a live, a essa hora eu estava morto. E eu e o cara, tem um n*gão que está lá, e eu quase morri porque tentei ajudar o cara. […] Desculpa se eu estou sendo racista. Desculpa o desespero.”

Mais tarde, ele compartilhou um vídeo gravado dentro do hotel, onde tranquiliza seus seguidores.

“Tentei me comunicar com os locais, sobre o ingresso e o setor que eu estava, mas não deu certo. Acabei ficando preso numa salinha, me desesperei. Minha ‘arma’ foi ligar uma live ali”, disse.

Como se sabe, é proibido consumir bebidas alcoólicas no Catar. Há restrições até mesmo dentro dos estádios da Copa e restaurantes licenciados.

Antes da Copa, os estádios estavam programados para vender cervejas normalmente, mas a decisão foi revista apenas dois dias antes do início do torneio, o que frustou muitos turistas.