Pular para o conteúdo
Hot dog no Catar viraliza na Internet

Hot dog no Catar viraliza na Internet: “Perdi o apetite”

Os costumes e tradições do Catar seguem dando o que falar, e até mesmo a culinária do país sede foi alvo de repercussão entre os internautas.

Dessa vez, um hot dog de aspecto questionável está viralizado nas redes sociais. Isso porque a “salsicha” dos catarianos é bem diferente das que são vendidas no Brasil, e a consistência do alimento é… digamos, peculiar.

E isso tem uma explicação. O Catar proíbe o consumo de carne de porco, que é utilizada nas salsichas tradicionais.

“Alguém por favor disponibiliza a foto desses cachorro quente que estão vendendo no Catar, preciso perder uns quilinhos”, brincou um usuário no Twitter. “Quem botou essa foto do cachorro quente do Catar na minha timeline??? Que nojo! Quase vomitei!”, comentou outra conta que se deparou com uma imagem do lanche.

De acordo com Pedro Henrique, um brasileiro que está no Catar e que foi entrevistado por um repórter da UOL, o cachorro quente vem seco, sem nenhum molho, o pão não é dos melhores e a salsicha é muito estranha.

E quem quiser se aventurar e provar o cachorro quente catariano, deve preparar o bolso, já que tudo no país é conhecido por não ter um preço convidativo. Um lanchinho desses pode custar até R$ 40, convertendo diretamente. O hambúrguer é ainda mais caro, sendo vendido a R$ 60.