Homem usa LSD, cai em lagoa na Disney e é achado sem roupas horas depois

O turista suíço havia planejado a viagem de uma vida: tomar LSD durante as férias na Disneyland de Paris. O que poderia dar errado?

Muita coisa, como o engenheiro de 32 anos descobriu no fim de semana passado. Ele foi preso por usar narcóticos depois de desaparecer em um lago e provocar uma busca de 130 pessoas com helicópteros e cães, apenas para aparecer horas depois, nu e confuso, em uma rua residencial tranquila a cerca de 1,6 km de distância.

Toda a confusão começou na noite de sexta-feira, quando a namorada de 30 anos lhe deu a droga alucinógena, segundo o Le Parisien. Quase imediatamente, ele caiu em um lago artificial em Adventureland, perto do navio pirata do capitão Hook e da careta ameaçadora de Skull Rock de “Peter Pan”.

Foto: Reprodução/Google Maps/Disneyland Paris

Quando ele não apareceu, sua namorada ficou nervosa. Por volta das 20:30 de sexta-feira, o parque começou a fechar durante a noite e ela alertou a equipe de que ele ainda estava desaparecido. O jornal francês não indicou se a mulher também havia tomado LSD, mas notou que ela “não parecia afetada”. (O casal não foi identificado por causa das leis de privacidade européia)

Por horas, funcionários preocupados da Disneylândia vasculharam o parque, mas não havia sinal do engenheiro suíço. Ele não subiu no navio pirata, nem subiu no passeio do Indiana Jones e no Templo do Perigo, nem se arrastou para a praia dos piratas. O grupo de busca passou a incluir 10 mergulhadores, 10 policiais, 30 bombeiros e 80 funcionários da Disneyland Paris, informou o Le Parisien. A essa altura, já estava escuro, dificultando a visão na lagoa que circundava Adventureland, e cães e um helicóptero da polícia com uma câmera térmica foram trazidos para apoio.

No início da manhã seguinte, enquanto a busca continuava, um homem de 44 anos, voltando do trabalho para casa, viu uma cena estranha na cidade de Chessy, a pouco mais de um quilômetro da Disneyland Paris.

“Fiquei cara a cara com um homem nu”, disse o motorista ao Le Parisien, que pediu apenas para ser identificado como Benoit. “Ele estava andando no meio da estrada. Ele não tinha um centímetro de roupa e estava descalço.”

O homem descia calmamente o Chemin de Fossés Rouges, uma rua tranquila e arborizada, onde cabanas e grandes vilas ficam atrás de sebes e portões imponentes. “Parei, saí do carro e fui encontrá-lo”, disse Benoit ao jornal. “Eu queria saber o que um homem nu estava fazendo a 300 metros da minha casa.”

O homem nu, que já estava completamente seco, tinha arranhões nos braços e nas pernas. “Ele não se lembrava de nada”, disse Benoit. Um pouco problemático, ele também não falava francês.

Eventualmente, os dois perceberam que podiam se comunicar em inglês, e o misterioso homem nu explicou que havia tomado o LSD como parte de uma aposta que ele fez com os amigos e que sua namorada provavelmente estava preocupada. Benoit se ofereceu para ligar para ela, mas o homem também não conseguiu se lembrar do número.

Com sua apreensão inicial se dissipando, Benoit percebeu que o homem era inofensivo e também estava terrivelmente perdido. Ele colocou o estrangeiro em seu carro e correu para dentro de casa para pegar um par de shorts de rugby e uma camiseta “para que ele pudesse se cobrir”, disse ao Le Parisien. Então, ele deixou seu passageiro perplexo na beira do parque, tendo de alguma forma percebido que a estranha jornada do homem havia começado na Disneyland Paris.

Os socorristas encontraram o homem por volta das 13h15, e ele e sua namorada foram presos por uso de narcóticos na delegacia de polícia em Chessy.

Mas as autoridades evidentemente acharam que o casal já havia passado por maus bocados, e eles foram libertados no sábado à tarde depois de passar menos de um dia na prisão. Le Parisien relatou que ambos receberam um “rappel a la loi” pelo uso de drogas, o que se traduz aproximadamente em “lembrete da lei”. A citação, que não é adicionada ao registro criminal oficial de uma pessoa, geralmente é distribuída quando um promotor decide não apresentar queixa.

Ainda é um mistério como o homem emergiu do lago Adventureland e deixou o parque sem que sua namorada percebesse. Também não se sabe o que aconteceu com todas as suas roupas e onde ele passou várias horas enquanto os socorristas o procuravam freneticamente.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.