Homem tem sua banca de jornal incendiada e recebe incrível resposta de seu bairro

Em meio à tantas atrocidades é comum vermos o mundo como algo inseguro e, diga-se de passagem, um lugar ruim para se viver.

Afinal, são todos os dias que nos deparamos com roubos, casos de violência, assédios, entre tantos outros que por muitas vezes acabamos perdendo as nossas esperanças que nos restava na humanidade.

No entanto, esse caso surpreendente tem muito a nos ensinar: Silvio Bragagnolo, de 57 anos, é um jornaleiro que há quase 30 anos estabeleceu seu ponto de vendas no Bairro Baeta Neves, na cidade de São Bernardo do Campo, São Paulo. Como um bom comerciante Silvio tem amizade com muitas pessoas do bairro, de forma que muitos moradores têm por ele um carinho inestimável.

“Meus amigos e eu sempre comprávamos figurinhas na saída do colégio na banca do Sr. Silvio, ele é parte de nossa infância” – relatou um morador do bairro.

Como ficou a banca de Silvio Bragagnolo após o ato de vandalismo

Aconteceu que, na madrugada do dia 8 de Dezembro, o jornaleiro recebeu uma ligação para que fosse imediatamente para seu ponto de trabalho. Chegando lá ele se deparou com uma cena lamentável: sua fonte de sustento estava completamente incendiada.

Sem inimigos e vítima de um ato de vandalismo, rapidamente o caso chegou ao grupo da vizinhança pelo Facebook, após Silvio e sua família terem dado parte do ocorrido junto à polícia. E foi através de uma imagem com um pedido de auxílio amigo que Silvio, ainda em estado de choque, ficou perplexo com a repercussão que o caso tomou: o bairro inteiro se mobilizou para auxiliá-lo a se reerguer novamente.

Mistérios do Mundo
Novo ponto de trabalho do jornaleiro que teve sua banca incendiada

O auxílio começou a aparecer em todos os cantos: um grande amigo de Silvio emprestou a ele uma banca para que ele pudesse continuar prestando seus serviços, como também várias pessoas comovidas com o caso ofereceram doações e itens para rifas, como uma bicicleta e uma caixa de ferramentas.

Outro grupo de comerciantes resolveu criar o Vakinha Online para auxiliá-lo, enquanto outras pessoas optaram por transferir-lhe em sua conta pessoal.

Entrevista de Silvio para a Rede Record

São essas ações que aos poucos são capazes de mudar o mundo. Afinal de contas, se cada um fizer um pouco, mesmo o mínimo que seja, isso tem um valor. Porém, se não fizermos nada, qual valor tem?

Veja a entrevista na íntegra:

[Diário do Grande ABC] [SBC INFO] [ABCD Maior]

Comentários
Carregando...