Notícias e artigos sobre ciência, incluindo espaço, biologia, arqueologia, e muito mais.

Homem salvou quase 700 judeus do holocausto e o reencontro com essas pessoas não podia ser mais emocionante

A Segunda Guerra Mundial, com certeza trouxe consequências dolorosas das quais a história se lembra até hoje. E, sem sombra de dúvidas, uma delas foi o holocausto nazista, cujo número de mortos ultrapassa os seis milhões.

Entretanto, a esperança sempre vem de algum dos lados: em 1938, Nicholas Winton, filho de pais judeus, atuava como corretor de valores em Londres. Entretanto, após a ocupação nazista de Praga, o homem decidiu abandonar o seu posto para a nobre tarefa de resgatar algumas vítimas, sendo a maioria delas crianças.

Ele arriscou sua própria vida para salvar com êxito 669 crianças da Tchecoslováquia durante o Holocausto, garantindo sua passagem segura para a Grã-Bretanha. E então, como um verdadeiro herói, nunca mais falou sobre isso por cinquenta anos, quando sua esposa encontrou um livro de recados no sótão de sua casa que continha os nomes, fotos e documentos das crianças que ele salvou.

O homem foi convidado a aparecer em um Programa de televisão do Reino Unido chamado That’s Life!, em 1988. Ele foi convidado como membro da audiência, totalmente sem saber de que as pessoas que estavam ao seu redor estavam apenas vivas devido à sua bravura e altruísmo.

Veja o vídeo abaixo para ver o momento em que ele finalmente percebeu:

Sir Nicholas ganhou esse título honorável pela Rainha Elizabeth II em 2003 e faleceu em 1 de julho de 2015, com 106 anos. Porém, o seu legado ainda continua vivo, mostrando que sempre há uma luz quando tudo parece ser tomado pela escuridão.

[Bored Panda]

Comentários
Carregando...